Movimento

Inspiração pra fazer da atividade física um hábito

Exercício pode reverter danos causados pelo sedentarismo, mesmo após os 40

iStock
Imagem: iStock

Do VivaBem

08/01/2018 12h17

Passar anos sem se exercitar pode fazer muito mal para sua saúde. Mas, de acordo com um novo estudo, se você está na meia-idade, ainda dá tempo de reverter esse quadro.

Publicada no periódico Circulation, a pesquisa mostrou que fazer atividades físicas de quatro a cinco vezes por semana pode reduzir danos causados pelo sedentarismo e ainda prevenir futuros problemas cardíacos, pelo menos até os 65 anos.

Leia mais:

A pesquisa avaliou 53 pessoas de 45 a 65 anos. Elas foram divididas em dois grupos: um recebeu treinamento supervisionado por dois anos e outro fazia apenas ioga e treino de equilíbrio (considerado como grupo de controle).

No início dos testes, os voluntários do primeiro grupo se exercitavam por 30 minutos três vezes por semana, durante três meses. A frequência e o volume com que eles faziam as atividades foram aumentando gradativamente.

Ao final dos dois anos, o grupo que praticou atividades físicas regularmente teve uma melhora de 18% na capacidade de o corpo consumir oxigênio durante um exercício (VO2 máximo) e mais de 25% no funcionamento do coração, quando comparado ao grupo de controle.

iStock
Exercitar-se de quatro a cinco vezes por semana traz mais benefícios Imagem: iStock

Exercitar-se deveria ser tão comum como escovar os dentes

De acordo com os cientistas, o envelhecimento sedentário pode levar a um endurecimento no músculo do coração que bombeia sangue rico em oxigênio para o corpo. “Quando esse músculo enrijece, sua pressão aumenta e o sangue pode voltar para os pulmões. É nessa hora que o coração começa a falhar”, disse Benjamin Levine, autor do estudo.

Entretanto, se o indivíduo fizer exercícios de quatro a cinco vezes por semana, esse problema pode ser revertido --atividades realizadas de duas a três vezes por semana não foram suficientes.

“Baseado em uma série de estudos feitos por nossa equipe nos últimos cinco anos, essa ‘dose’ de exercício se tornou minha prescrição para a vida”, disse Levine. De acordo com o médico, as pessoas deveriam considerar a atividade física algo tão importante como a higiene pessoal --como escovar os dentes ou tomar banho.

SIGA O VIVABEM NAS REDES SOCIAIS

Facebook: https://www.facebook.com/VivaBemUOL/
Instagram: https://www.instagram.com/vivabemuol/
Inscreva-se no nosso canal no YouTube: http://goo.gl/TXjFAy

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
BBC
do UOL
Blog do Fernando Guerreiro
do UOL
do UOL
Blog Marcio Atalla
do UOL
do UOL
Blog do Fernando Guerreiro
do UOL
do UOL
VivaBem
Blog Marcio Atalla
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
BBC
do UOL
Blog do Fernando Guerreiro
BBC
do UOL
BBC
Blog Marcio Atalla
do UOL
do UOL
do UOL
Corpo a Corpo
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Fernando Guerreiro
Estilo
Blog Marcio Atalla
do UOL
Estilo
BBC
do UOL
Blog do Fernando Guerreiro
do UOL
Blog Marcio Atalla
do UOL
Topo