menu

Topo

Equilíbrio

Cuidar da mente para uma vida mais harmônica


Bullet jornal ajuda a gerenciar sua saúde e reduzir ansiedade; veja como

iStock
Bullet journals unem os diários com listas de tarefas, ajudando quem precisa se organizar e adotar novos hábitos Imagem: iStock

Simone Cunha

Colaboração para o UOL VivaBem

24/01/2019 04h00

Com o começo de um ano novo, muitas pessoas sentem necessidade de organizar melhor sua rotina. E desde 2017 a moda dos Bullets Journals tem aparecido para ajudar nesse controle. Mistura entre diário e listas de taregas, o Bujo foi criado pelo designer Ryder Carrol com a proposta de organizar sua rotina pessoal e profissional e acabou ganhando muitos likes nas redes sociais. O método é bem simples, exigindo caderno, caneta e disciplina para o registro de tarefas e emoções.

Mas além de organizar o seu dia a dia, é possível recorrer ao Bujo como uma ferramenta para cuidar da saúde, a começar pelo gerenciamento do estresse. "O bullet jornal ajuda a administrar o tempo e os pensamentos e, com isso, pode evitar ou minimizar a ansiedade", explica a psicóloga comportamental Denise Pará Diniz, coordenadora do Setor de Gerenciamento de Estresse e Qualidade de Vida da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

Isso acontece porque ao estabelecer regras, a pessoa fraciona suas atividades e prioriza aquelas mais importantes. A psicóloga acrescenta que isso também evita fadiga, ajudando a atingir metas.

Ajudando a consolidar um hábito

Divulgação / Instagram @cadernosdalih
Exemplo de uma forma de monitorar hábitos em seu bullet journal Imagem: Divulgação / Instagram @cadernosdalih

Além de organizar as tarefas, muitas pessoas criam formas específicas para acompanhar hábitos que elas estejam adotando em seus bullets journals. Por exemplo, ao criar as páginas de listas de tarefas diárias, é possível colocar um registro de quanto de água se ingeriu, se a cota de atividade física foi cumprida ou quantos passos foram dados no dia (a depender do seu objetivo, claro). 

Divulgação / Instagram @studiess_v
Exemplo de como observar seus sentimentos no bullet journal Imagem: Divulgação / Instagram @studiess_v
Também é possível criar uma página específica para hábitos que se queira monitorar, como atividades físicas semanais, seu humor ao longo do mês ou mesmo um diário alimentar em que você registre como se sentia em cada refeição. Há pessoas também que registram como foi cada dia do ano, como no exemplo ao lado.

E isso pode ser muito benéfico, de acordo com os especialistas consultados pelo UOL VivaBem, pois ao registrar o que pensou, sentiu e fez, a pessoa fica mais consciente, algo fundamental para estabelecer mudanças.

A eficácia tem a ver com o compromisso, por isso a proposta é ter um registro diário ou semanal para que realmente promova as mudanças que se deseja. Ao anotar a pessoa fica atenta, se auto-observa e assume a responsabilidade que tem no processo de atingir o que almeja

Quando a pessoa percebe que teve comportamentos que a afastaram das coisas importantes que quer, ela se dá conta da sua responsabilidade de chegar ou não onde deseja. Por isso, adotar o compromisso de fazer um bullet jornal pode contribuir para substituir hábitos nocivos por positivos.

Cuidados importantes

Divulgação / Instagram @mariejaime.bujo
Exemplo de organização semanal com bullet journal Imagem: Divulgação / Instagram @mariejaime.bujo

No entanto, é preciso tomar cuidado para não ficar refém disso e começar a se frustrar por não ter cumprido as tarefas pré-estabelecidas. Pode ser melhor transformar isso num jogo, como um desafio, em que você se propõe a cumprir as metas pelo prazer da satisfação em ter conseguido. Tanto que se os registros diários começam a fazer mal, provocando um processo depreciativo, é melhor interromper. O Bujo é uma estratégia de autoconhecimento, porém não substitui uma psicoterapia. 

E na hora de monitorar hábitos é importante ter consciência de que aspectos mais simples como começar a correr, ler mais ou diminuir o consumo de algum tipo de alimento são mais fáceis de serem administrados e substituídos

Porém, o Bujo não provoca milagres. Querer emagrecer ou parar de fumar, por exemplo, vão além da boa vontade. Neste caso, o bullet jornal pode ser organizado com ajuda de um profissional e atuar como coadjuvante. 

Além disso, tenha consciência que, da mesma forma, que levamos um tempo para criar um hábito, também poderemos precisar de um período para se livrar dele. 

É importante ressaltar que as pessoas estão muito impacientes e querem resultados imediatos. E se não conseguir ver os efeitos em pouco tempo, irão desistir. Ao se propor fazer um bullet jornal, deixe a criatividade fluir, pois este processo também é bastante terapêutico. Criar este tipo de agenda ajuda a monitorar a saúde mental, afinal qualquer trabalho manual contribui para elevar a sensação de bem-estar garantindo mais qualidade de vida.

Fontes: Christian Ingo Lenz Dunker, professor-titular do Instituto de Psicologia da USP (Universidade de São Paulo); Denise Pará Diniz, coordenadora do Setor de Gerenciamento de Estresse e Qualidade de Vida da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo); Thays Babo, mestre em psicologia plínica pela PUC-Rio (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro)

VivaBem no Verão

O UOL VivaBem está no litoral paulista com o VivaBem no Verão. Um espaço com atividades para você se exercitar, mas também curtir e relaxar na entrada da Riviera de São Lourenço. Venha nos visitar!

Data: do dia 27 de dezembro de 2018 ao dia 03 de fevereiro de 2019, de quinta a domingo 
Horário: das 16h às 00h
Endereço: Avenida da Riviera, ao lado do shopping, na praia de Riviera de São Lourenço
Entrada: gratuita

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube