menu
Topo

Alimentação

Ideias e informações para você comer melhor

2.000 calorias é a quantidade indicada por dia; será que você consegue?

iStock
Imagem: iStock

De acordo com o Ministério da Saúde, esse valor de calorias diárias é o recomendado para um adulto saudável que deseja manter o peso. Responda às perguntas e descubra se esse é o seu caso ou se você acaba extrapolando ao longo do dia. Teste elaborado com a consultoria das nutricionistas Maria Flávia Sgavioli, da Estima Nutrição, e Marcia Penna Beuno, membro da Abeso (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica).

  1. 810

    O que você gosta de beber na hora das refeições?

  • Até 2.000 calorias

    Suas escolhas indicam que você monta o seu cardápio diário com cerca de 2.000 calorias, que é uma boa média para um adulto saudável que deseja manter o peso. Esse é também o número usado como base para fazer os percentuais de ingestão diária nos rótulos de informações nutricionais dos alimentos. Contudo, mais importante do que contar as calorias é fazer refeições diversificadas e que contenham alimentos de todos os grupos alimentares --sendo 60% de carboidratos, 20% de proteínas e 20% de gorduras.

  • Menos de 2.000 calorias

    Suas respostas indicam que você consome menos de 2.000 calorias por dia, que é uma boa média para quem quer perder peso. Vale lembrar que, se a alimentação for equilibrada, de acordo com as necessidades diárias de ingestão --algo que só um nutricionista poderá avaliar--, e se contemplar todos os grupos de alimentos, você não deverá sentir fome. Além de olhar as calorias, é importante estar sempre atento à qualidade nutricional da sua dieta.

  • Mais de 2.000 calorias

    Ao que parece, você consome mais de 2.000 calorias, o que não é necessariamente um problema, ainda mais se tiver uma rotina ativa --condição que permite gastar boa parte das calorias consumidas. No entanto, nem sempre as suas escolhas são saudáveis. As calorias vindas de bebidas açucaradas, doces, alimentos ricos em gorduras hidrogenadas e carboidratos simples, como arroz e pães brancos, não apenas impactam na balança, mas podem prejudicar a sua saúde.

  • Você acha que come pouco, mas está enganado

    As alternativas que escolheu indicam que você tem o hábito de pular refeições, o que não é bom, porque você chega para almoçar ou jantar com muita fome e acaba exagerando no prato. Como consequência dos jejuns prolongados, você tem muita vontade de comer pães, massas e doces em geral. Com base nesse resultado, procure repensar a sua rotina alimentar, organizando-se para comer melhor. O excesso de carboidratos fica estocado como gordura nas células e causa inflamação no organismo, o que o torna mais vulnerável a doenças.