menu

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Sophie Turner diz ter sofrido depressão por causa de hormônios; é possível?

Reprodução/@sophiet
Atriz que vive a personagem Sansa Stark na série Game of Thrones revelou ter pensado em suicídio quando era mais jovem Imagem: Reprodução/@sophiet

Giulia Granchi

Do UOL VivaBem, em São Paulo

2019-04-17T17:30:24

17/04/2019 17h30

Em entrevista a Dr. Phil no podcast "Phil in the blanks", Sophie Turner, atriz que dá vida à personagem Sansa Stark na série Game of Thrones, falou sobre sua luta contra a depressão e revelou que até já chegou a pensar em suicídio quando era mais jovem.

Sophie revelou que sofreu o problema por uma combinação de mudanças hormonais, a comparação com a vida dos amigos que podiam fazer atividades comuns, como ir para a faculdade, e críticas ferrenhas sobre sua aparência e atuação, desde muito nova.

Hormônios podem influenciar na depressão?

Conforme explica Antônio Geraldo da Silva, diretor e superintendente da ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), os hormônios podem, sim, influenciar na depressão. "Quem sofre com uma doença psiquiátrica tem, necessariamente, a informação impressa em seu código genético --o que não é o bastante para causar um quadro."

Então, fases de alterações hormonais, como a gravidez, podem atuar como fator desencadeador do problema em que já tem tendência genética, assim como agentes externos, como cobranças e críticas negativas, que também têm um peso grande.

Relação da depressão com suicídio

Apesar de a depressão poder causar pensamentos suicidas, esta não é uma regra da doença, que pode se manifestar em grau leve, moderado ou grave.

Segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), aproximadamente 96,8% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos psiquiátricos, dos quais cerca de 36% podem ser por transtornos de humor, categoria da qual a depressão faz parte. Abuso de substâncias psicoativas (como álcool, drogas ou remédios), esquizofrenia e transtornos de personalidade também podem levar ao suicídio quando não diagnosticados e tratados corretamente.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube