Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Estudo indica que gene específico ajuda na recuperação cerebral após o AVC

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL VivaBem, em São Paulo

2019-04-15T11:48:27

15/04/2019 11h48

Quando uma pessoa tem um AVC (acidente vascular cerebral), o cérebro responde com inflamação, o que expande a área da lesão, causa inchaço e pode aumentar os danos.

De acordo com uma pesquisa publicada no periódico científico Cell Reports, um gene específico, chamado TRIM9, consegue reduzir a inflamação no cérebro.

Como o estudo foi feito

  • Ao criar uma situação semelhante a um acidente vascular cerebral em ratos, os pesquisadores descobriram que cérebros mais velhos, com baixos níveis de TRIM9 -- ou cérebros geneticamente modificados que não possuem o gene TRIM9 inteiramente -- estavam mais propensos a inchaços extensos após o derrame.
  • Mas quando os cientistas usaram um vírus inofensivo para transportar uma dose do gene diretamente para os cérebros deficientes em TRIM9, o inchaço diminuiu drasticamente e a recuperação melhorou.

Jae Jung, principal autor do estudo, diz que é improvável que a terapia gênica transmitida por vírus se torne o melhor tratamento para derrames, traumatismos cranianos ou encefalite. "É muito lento, e a melhor chance de tratar o derrame é nos primeiros 30 minutos a uma hora", afirmou ao site Science Daily.

"Talvez haja uma maneira de ativar quimicamente TRIM9 logo após um derrame", disse Jung. "Ou talvez funcione para situações específicas. Um jogador de futebol americano, por exemplo, poderia tomar uma medicação que ativa a expressão do gene TRIM9 logo após receber um golpe na cabeça", completou.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube