menu

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

"Dividir refeição é ato de amor," diz chef Bottura ao cozinhar com autistas

Reprodução/Instagram
Massimo Bottura com alunos do Tortellante, escola que incentiva a autonomia de jovens autistas, na edição do evento de 2018 Imagem: Reprodução/Instagram

Da Ansa, em Módena, na Itália

2019-04-13T17:25:11

13/04/2019 17h25

O chef italiano Massimo Bottura ajudou jovens autistas a prepararem um almoço para ser servido a 100 pessoas no Refettorio Ambrosiano, cantina para pessoas de baixa renda, em Milão, na Itália. Batizada de "Tortellini no prato da solidariedade", a iniciativa garantiu ao grupo a oportunidade de cozinhar e servir tortellini com molho de queijo parmesão aos convidados.

Durante todo o processo, os jovens foram supervisionados pelo chef do restaurante Osteria Francescana, eleito duas vezes o melhor do mundo.

"Neste lugar mágico para mim, o Refettorio Ambrosiano, há 4 anos, nasceu o projeto de cantinas comunitárias ao redor do mundo, onde renomados chefs transformam excedentes de alimentos em refeições para os necessitados. Compartilhar uma refeição é muito mais do que nutrir o corpo. É um gesto de inclusão e um ato de amor", explicou Bottura. A oficina só foi possível graças à inauguração da nova sede do "Tortellante", um laboratório didático de produção, onde jovens afetados por transtornos do espectro autista enfrentam a cozinha com ajuda das "sfogline", folhas muito finas de massa de farinha de trigo, em Modena. Com a técnica, essa escola de autonomia permite que os jovens tracem seu futuro através da produção artesanal da pasta fresca.

Idealizado pela associação "Aut Aut", que dá assistência às famílias de pessoas autistas, o Tortellante funciona também como instituição de promoção social e tem como objetivo aumentar a autonomia, ensinando um profissão, e melhorar a socialização desses jovens.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube