menu

Topo

Pergunte ao VivaBem

Os melhores especialistas tiram suas dúvidas de saúde


Pergunte ao VivaBem

Por que eu suo muito na cabeça? Tem como evitar?

Pergunte ao VivaBem suor na cabeça
Imagem: Fernanda Garcia/UOL VivaBem

Gabriela Ingrid

Do UOL VivaBem, em São Paulo

2019-04-02T04:00:00

02/04/2019 04h00

Não existe uma explicação na literatura científica para dizer por que algumas pessoas suam mais na cabeça do que outras. O couro cabeludo tem glândulas sudoríparas e produz sebo de forma mais intensa do que o resto do corpo, assim como a axila ou a área genital.

É normal suar quando se está com calor, durante a prática de atividades físicas ou em certas situações específicas, como momentos de raiva, nervosismo ou medo --isso porque o estresse libera hormônios como adrenalina e cortisol, que aumentam a sudorese. Porém, a sudorese excessiva, chamada de hiperidrose, ocorre mesmo sem a presença de qualquer desses fatores. Isso acontece por diferentes fatores, como emocionais, hereditários ou doenças, e não há como ser evitado. É preciso procurar um dermatologista para fazer o diagnóstico correto da causa e tratá-la.

As pessoas com maior tendência a manifestar a hiperidrose são as que estão acima do peso ou que tem maior predisposição genética ao diabetes. O controle de peso e da condição poderia ajudar, portanto, assim como o controle do estresse.

Para controlar o sintoma em si, são indicados o uso de cremes ou loções locais e a aplicação da toxina botulínica, que é distribuída em pequenas quantidades na superfície do couro cabeludo. Como as glândulas sudoríparas estão ligadas a um nervo, responsável pela sudorese, o botox paralisa esse nervo, fazendo com que ele não consiga agir. Assim, o suor diminui ou desaparece. No entanto, o efeito da aplicação dura de 6 a 12 meses, depende da pessoa.

Fonte: Denise Steiner, dermatologista e delegada brasileira do Comitê Científico do Cilad (Colégio Ibero-Latino-Americano de Dermatologia); Tatiana Gabbi, médica dermatologista do departamento de dermatologia do HC-FMUSP (Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo) e membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia); Silmara Cestari, dermatologista do Hospital Sírio-Libanês.

Quais são suas principais dúvidas sobre saúde do corpo e da mente? Mande um e-mail para pergunteaovivabem@uol.com.br. Toda semana, os melhores especialistas respondem aqui no UOL VivaBem.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube