menu

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Reparou na alça? Veja como evitar que a mochila do seu filho cause dores

iStock
Imagem: iStock

Janaina Bolonezi

Do Blog da Saúde

07/02/2019 09h35

Para os pais e responsáveis, a volta às aulas é um momento cercado de cuidados na escolha do material escolar das crianças. No caso das mochilas, é preciso atenção redobrada.

Ao escolher o equipamento, que facilita muito o dia a dia dos estudantes, é preciso avaliar mais que preços, marcas ou cores. Afinal, usar uma mochila de acordo com peso, idade e altura da criança pode evitar consequências graves na coluna vertebral, no futuro.

Com objetivo de solucionar as principais dúvidas sobre o assunto, o Blog da Saúde conversou com o médico ortopedista Saulo Castrodo Instituto Hospital de Base de Brasília. Confira abaixo:

Quais são as consequências do uso de mochilas erradas pelas crianças?
Saulo Castro: O grande problema é o excesso de peso da mochila. Por ser um item bem prático, que reúne em um só lugar todos os materiais do dia a dia para as atividades escolares, a criança pode se exceder com a quantidade de itens levados e essa prática acaba afetando a postura.

Algumas das consequências causadas pelo excesso de peso na coluna são as assimetrias na coluna. Alguns exemplos são: 
- A escoliose, a mais comum nesses casos, acontece pela assimetria nos ombros e vem causando dores nas costas pelo desvio e a sobrecarga muscular;
- A lordose, causada por uma sobrecarga na região lombar; 
- A hipercifose, conhecida como concurdez; 
- A hérnia de disco, um problema crônico que pode se desenvolver na fase adulta em consequência dos antigos hábitos.

Quanto a mochila deve pesar?
Saulo Castro: A recomendação é que a mochila não exceda 10% do peso corporal da criança. Por exemplo, para uma criança de 50kg, a mochila não poderia exceder o peso de 5kg.

Qual a posição correta da mochila?
Saulo Castro: As consequências na postura da criança podem ser mais graves se a mochila for carregada somente em um dos ombros, o que costumamos ver bastante entre as crianças e os adolescentes. O ideal é que ela fique bem ajustada ao corpo, nas costas, com as alças simétricas, dividindo o peso entre os dois ombros.

Existe alguma indicação sobre altura e comprimento das alças?
Saulo Castro: Quando a gente vê aquela criança com a alça da mochila bem alongada e a mochila fica na altura da região dos glúteos, surge um vão grande entre a região lombar e a mochila, que pode afetar a coluna. O ideal é que a mochila fique ajustada nas costas, entre os ombros até a altura da lombar.

Existe um modelo especifico mais adequado?
Saulo Castro: Os melhores modelos são aqueles com duas alças ajustáveis, reforçadas e acolchoadas. Uma boa alternativa seria utilizar modelos com rodinhas, para poupar a criança de levar o peso. Os modelos laterais, com uma única alça no ombro, podem causar um desvio na coluna, principalmente a escoliose, já que você acaba fazendo uma inclinação do corpo para um único lado, tentando compensar o peso da mochila na coluna.

A mochila com rodinhas é mais adequada? Quais podem ser os perigos?
Saulo Castro: Apesar da mochila com rodinhas ajudar bastante para evitar o excesso de peso nas costas da criança, ela precisa ter uma alça com a altura adequada para não criar outros tipos de problemas. O ideal é que a criança não fique se abaixando para segurar a alça do carrinho, é preciso que tenha uma altura adequada para a criança. Ao levar a mochila, a criança precisa manter uma postura natural, sem erguer demais os ombros e também sem curvar a coluna para arrastar a mochila com a rodinha.

Como fazer para que os alunos não coloquem peso desnecessário no acessório?
Saulo Castro: O ideal seria que existissem soluções para diminuir a quantidade de materiais escolares que as crianças precisam levar para a escola, como armários nas escolas e o uso da tecnologia das salas de aulas, evitando os livros pesados. Porém, como sabemos que essa ainda não é a realidade brasileira, o ideal é levar somente o que precisa para o dia e ter atenção para a disposição dos materiais na mochila.

Como deve ser feita a disposição dos materiais escolares na mochila?
Saulo Castro: Os materiais mais pesados devem ficar na parte de trás da mochila e os mais leves na frente. Além disso, todos os materiais devem ser distribuídos de forma simétrica entre os lados.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube