menu

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

A vitamina E ajuda a prevenir o câncer? Depende da sua genética

iStock
Uma configuração genética estabelece se seu organismo se beneficia ou se prejudica com a suplementação de vitamina E Imagem: iStock

Do UOL VivaBem, em São Paulo

2019-01-11T04:00:00

11/01/2019 04h00

Estudos já levantaram a hipótese de que fazer suplementação de vitamina E pode reduzir o risco de câncer, mas nunca ficou claro o que estava ligado a essa teoria. A tese chegou a ser questionada uma vez que testes em animais tinham efeito protetor, mas em ensaios clínicos o resultado era inconclusivo. 

Para entender melhor a relação entre a vitamina E e a prevenção do câncer, pesquisadores investiram em uma análise sobre a suplementação. Os resultados da pesquisa foram publicados no periódico científico Journal of the National Cancer Institute

As informações utilizadas continham dados relevantes sobre a composição genética de milhares de americanas, inclusive estudos sobre o benefício e risco da baixa dose de vitamina E na prevenção primária de doenças cardiovasculares e câncer. 

Foi possível notar que o fato da vitamina E trazer um efeito positivo para o corpo dependia da variação de um gene chamado "COMT", que é responsável pela produção de uma enzima que influencia a maneira que o corpo vai processar a vitamina E. 

Ou seja, a pesquisa explicou que a forma como seu COMT funciona está diretamente ligada com as chances de receber os benefícios ou não da vitamina E, e o tal COMT tem três variantes. 

Em uma das formas desta configuração genética, a produção da enzima que influencia o processamento de vitamina E pode quadruplicar, ajudando na luta contra o câncer. Em 20 anos de acompanhamento de pacientes, aquelas que com a enzima mais acelerada que tomavam o suplemento de vitamina E tiveram 14% menos chances de câncer. 

Por outro lado, pacientes com uma segunda organização genética que tomaram suplementos de vitamina E mostraram taxas de câncer 15% maiores, se comparados com aqueles com a mesma genética que evitaram a suplementação. 

As taxas permaneceram semelhantes no caso de câncer de mama, pulmão, útero e colorretal. 

Com isso, os médicos querem alertar para a importância de conhecer a reação do organismo antes de ingerir centenas de suplementos para potencializar a saúde, uma vez que características que você não conhecem no seu corpo podem fazer esse tiro sair pela culatra. 

VivaBem no Verão

O UOL VivaBem está no litoral paulista com o VivaBem no Verão. Um espaço com atividades para você se exercitar, mas também curtir e relaxar na entrada da Riviera de São Lourenço. Venha nos visitar!

Data: até dia 03 de fevereiro de 2019, de quinta a domingo 
Horário: das 16h às 00h
Endereço: Avenida da Riviera, ao lado do shopping, na praia de Riviera de São Lourenço
Entrada: gratuita

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube