menu

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Inteligência artificial ajuda a identificar síndromes genéticas raras

iStock
Imagem: iStock

Do UOL VivaBem,em São Paulo

10/01/2019 04h00

Já imaginou usar a inteligência artificial para diagnosticar distúrbios raros usando apenas a foto do seu rosto? A ideia parece estar distante da nossa realidade, mas segundo um estudo publicado na revista Nature Medicine, pesquisadores americanos podem ter achado o caminho para diagnósticos precoces e baratos.

Os cientistas construíram um programa de computador chamado DeepGestalt e o treinaram em um conjunto de dados publicamente disponíveis de mais de 17 mil fotos de pacientes afetados por mais de 200 distúrbios raros. O programa então usou o aprendizado para reconhecer quais padrões de marcadores estavam ligados a centenas de diferentes síndromes genéticas.

Em um teste com 502 novas imagens, a plataforma identificou com sucesso a síndrome correta. O programa também auxiliou os médicos a identificar pacientes com síndromes de Angelman e Cornelia de Lange --mutações genéticas que causam mudanças nos traços faciais de quem a possui. 

Os pesquisadores ressaltam que a ferramenta poderá ser usada em combinação com testes genômicos para ajudar os médicos a procurar marcadores genéticos específicos e realizar diagnósticos com precisão

VivaBem no Verão

O UOL VivaBem está no litoral paulista com o VivaBem no Verão. Um espaço com atividades para você se exercitar, mas também curtir e relaxar na entrada da Riviera de São Lourenço. Venha nos visitar!

Data: do dia 27 de dezembro de 2018 ao dia 03 de fevereiro de 2019, de quinta a domingo 
Horário: das 16h às 00h
Endereço: Avenida da Riviera, ao lado do shopping, na praia de Riviera de São Lourenço
Entrada: gratuita

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube