menu

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Cientistas identificam animais que podem ser hospedeiros da próxima dengue

iStock
Descoberta é importante para saúde global e conservação da vida selvagem Imagem: iStock

Do UOL VivaBem, em São Paulo

07/01/2019 13h16

Pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, identificaram espécies de animais que têm maior probabilidade de serem hospedeiras de vírus como zika, dengue e febre amarela. O estudo foi publicado em dezembro no periódico Nature Communications.

Para a pesquisa, os cientistas coletaram todos os dados publicados sobre animais que testaram positivo para esses vírus. Com a ajuda de um programa, eles analisaram aproximadamente 10.400 espécies de aves e 5.400 mamíferos, para identificar as espécies mais prováveis ​​de hospedarem os vírus.

O programa previu centenas de espécies hospedeiras anteriormente não observadas. Para se ter ideia do tamanho da descoberta, das 173 espécies identificadas com maior probabilidade de serem hospedeiras para o vírus da dengue, 139 não foram reconhecidas anteriormente.

A maior parte desses animais habitam regiões da América do Sul e do Sudeste Asiático, principalmente para o vírus da zika. Já a Europa tem mais possíveis hospedeiros da encefalite japonesa, infecção que pode causar inchaço cerebral. Apesar de ser comumente causada pela picada de mosquitos infectados, o novo estudo mostrou que grande parte das espécies que podem se tornar hospedeiras para a encefalite no futuro são aves comuns.

Christine Kreuder Johnson, coautora do estudo, diz que o trabalho de modelagem pode ajudar os pesquisadores a identificar quais espécies de primatas poderiam ser potenciais hospedeiros de vírus, fornecendo aos cientistas e autoridades de saúde um roteiro para os esforços de detecção e vigilância de doenças. O estudo, por exemplo, indicou que os primatas são os principais hospedeiros do zika e da febre amarela, mas apenas nove das 21 espécies de primatas que foram preditas como hospedeiras até o momento.

"Amanhã, se houver um surto em todo o mundo, saberemos quais espécies de animais selvagens são mais propensas a serem infectadas, além dos humanos", afirma o principal autor do estudo, Pranav Pandit.

VivaBem no Verão

O UOL VivaBem está no litoral paulista com o VivaBem no Verão. Um espaço com atividades para você se exercitar, mas também curtir e relaxar na entrada da Riviera de São Lourenço. Venha nos visitar!

Data: até dia 03 de fevereiro de 2019, de quinta a domingo 
Horário: das 16h às 00h
Endereço: Avenida da Riviera, ao lado do shopping, na praia de Riviera de São Lourenço
Entrada: gratuita

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube