menu

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Entenda quando você pode faltar ao trabalho para fazer os exames de câncer

gorodenkoff/iStock
Imagem: gorodenkoff/iStock

Giulia Granchi

Do UOL VivaBem, em São Paulo

19/12/2018 18h46

Na última terça-feira (18), entrou em vigor uma alteração no art. 473 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), que permite a ausência de empregados com carteira assinada para realização de exame preventivo de câncer. A partir de agora, os trabalhadores poderão se ausentar até três dias ao ano para realizar exames de prevenção sem que o salário seja prejudicado.

Essa novidade beneficia muito quem tem histórico genético de câncer e precisa fazer rastreamento anualmente. De acordo com Ademar Lopes, cirurgião oncológico e vice-presidente do Hospital A.C. Camargo Cancer Center, a mudança é muito positiva. "O câncer é uma doença muito frequente, temos em torno de 600 mil novos casos por ano no Brasil. Com o diagnóstico precoce, 90% dos quadros chegam à remissão, com baixo custo e sem mutilação", explica.

Cerca de 10% dos cânceres são hereditários, e para esses quadros, a recomendação é ter um médico de confiança, que avalie seu caso de forma minuciosa e peça exames com certa frequência, que será determinada pelo especialista. "Para quem não tem histórico familiar ou sintomas, três dias úteis ao ano são suficientes para realizar exames preventivos", afirma Lopes.

Abaixo, listamos os cânceres mais comuns para homens e mulheres brasileiras e quais testes podem ser feitos para uma detecção precoce, de acordo com o especialista:

Câncer de pele

O câncer de pele é mais comum no mundo inteiro, tanto em homens quanto em mulheres. Dermatologistas qualificados podem detectar lesões na pele e pedir a biópsia quando há suspeita.

Câncer do intestino grosso

Também entre os tipos mais comuns em homens e mulheres, o exame preventivo para essa doença é a colonoscopia, que deve ser feita, por quem não tem histórico familiar, a partir dos 50 anos de idade

Câncer de mama

Comum, o câncer de mama atinge 60 mil mulheres no Brasil por ano. As mulheres que não tem casos da doença na família devem começar a fazer mamografias --e terem acompanhamento médico periódico - a partir dos 40 anos.

Colo uterino

Também comum entre as mulheres, o exame preventivo para essa doença é o bem conhecido Papanicolau, ao qual as pacientes devem ser submetidas de acordo com recomendações médicas.

Câncer de próstata

O câncer de próstata acomete cerca de 68 mil brasileiros por ano e homens a partir dos 50 anos já devem ser submetidos ao exame de toque retal e dosagem de PSA (exame de sangue que avalia a quantidade do antígeno prostático específico).  

Câncer de pulmão

Apesar de continuar alto, o número de indivíduos acometidos pela doença baixou nos últimos anos --o que se associa às campanhas de conscientização de riscos do cigarro. O exame recomendado é a tomografia computadorizada de baixa dosagem, que deve ser feito por aqueles que fumaram um maço diário nas últimas três décadas, com idade entre 55 e 74 anos (incluindo os que abandonaram o vício há menos de 15 anos).

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube