menu
Topo

O poder dos alimentos

Seu prato torna sua vida mais saudável

Quer correr mais? Coloque beterraba e batata-doce no prato

O Poder dos Alimentos corrida
Imagem: Gabriela Sánchez/VivaBem

Priscila Carvalho

Do UOL VivaBem, em São Paulo

07/12/2018 04h00

Se você corre por paixão ou mesmo é profissional, com certeza já ouviu falar que uma alimentação rica em carboidratos é fundamental para ter um bom desempenho nas provas ou treinos do dia a dia. Investir no macronutriente garante que o glicogênio -- reserva energética no músculo-- aumente e proporcione mais energia ao corredor.

Por isso é fundamental que, pelo menos uma semana antes da prova, o cardápio tenha um reforço de carboidrato de rápida absorção. Além disso, invista em alimentos antioxidantes que produzem radicais livres, liberados durante os exercícios físicos.

Abaixo, listamos 5 alimentos ricos em carboidratos e que potencializam o efeito nas corridas, indicados pelos especialistas Carlos Werutsky, nutrólogo esportivo da ABRAN (Associação Brasileira de Nutrologia); Juciara Gomes Guimarães Jardim, nutróloga do Hospital Alemão Oswaldo Cruz; e Suzana Bonuma, nutricionista esportiva, especialista em fisiologia do exercício pela USP (Universidade de São Paulo). 

Coloque no prato:

Getty Images
Imagem: Getty Images

Beterraba
O suco ou a própria hortaliça são ricos em nitrato, suplemento que ajuda a aumentar a dilatação dos vasos sanguíneos dentro do músculo e facilitam a penetração e chegada de oxigênio nessa parte do corpo. Além de também conter carboidratos saudáveis.

Istock
Imagem: Istock

Chuchu
É um dos legumes mais ricos em carboidratos e, com isso, ajuda a dar energia ao corredor durante as provas. 

iStock
Imagem: iStock

Batata-doce
O tubérculo não tem quase nada de gordura, além de ser rico em minerais e uma boa fonte de carboidrato.

Damasco
Além de ser uma fonte de carboidratos, o damasco é rico em potássio, o que ajuda a minimizar cãibras e contrações musculares. Uma porção com 5 damascos secos tem 410 miligramas do mineral, o equivalente a uma banana média sozinha (que traz 422 mg do micronutriente).

iStock
Imagem: iStock

Frutas vermelhas
Elas são ricas em antioxidantes e ajudam no pré-treino, pois possuem vitaminas e minerais. Além disso, possuem radicais livres que são liberados durante a corrida e minimizam a dor. 

Melhor evitar:

iStock
Imagem: iStock

Chocolates
Embora seja energético, ele deixa a digestão mais lenta e prejudica o processo digestivo, devido a alta quantidade de gordura. O ideal é evitar horas ante da prova para não ter indigestão e sensação de inchaço e má digestão.

iStock
Imagem: iStock

Cafeína
A substância é um termogênico que pode melhorar ou piorar o desempenho do atleta. O importante é maneirar na dose e observar como o corpo reage a esse estímulo. Se consumido em excesso, a cafeína pode provocar taquicardia e falta de sono, elementos que prejudicam a performance na corrida.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube