menu
Topo

O poder dos alimentos

Seu prato torna sua vida mais saudável

Triglicérides alto? Veja os alimentos para reduzir essa taxa

O Poder dos Alimentos - Triglicérides alto
Imagem: Gabriela Sánchez/VivaBem

Bárbara Stefanelli

Colaboração para o UOL VivaBem

16/11/2018 04h00

Os triglicérides são nosso estoque de gordura no corpo. Todo mundo tem essa reserva, mas, em excesso, ela pode ser prejudicial, causando, principalmente, aterosclerose (acúmulo de gordura nas artérias), aumento da pressão arterial, assim como outras doenças cardiovasculares, além de esteatose hepática e pancreatite (inflamação do pâncreas). O acúmulo de gordura abdominal e sobrepeso são sintomas de que a taxa de triglicérides está acima do nível recomendado.

A boa notícia é que dá para baixar essa taxa com alterações na alimentação --principalmente reduzindo carboidrato e gordura -- e atividade física. Outra dica é fracionar as porções de alimento ao longo do dia. No entanto, quando a taxa está acima de 500 (mg/dl), é necessário procurar o auxílio médico e avaliar o tratamento mais adequado. Abaixo, veja como regularizar, por meio da alimentação, a taxa deste tipo de gordura no sangue.

A lista de alimentos foi elaborada com ajuda de Nídia Pucci, nutricionista da Unidade de Transplante Renal e Urologia do HCFMUSP (Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo) e Regina Pereira, diretora científica do Departamento de Nutrição da Socesp (Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo).

Coloque no prato:

Getty Images
Imagem: Getty Images

Frutas
Opte pelas frutas mais ricas em fibras, como laranja, ameixa e maçã. Os alimentos com este nutriente aumentam o trânsito intestinal, diminuindo, assim, a absorção do que é ingerido. E lembre-se de consumi-las com casca e tudo, sem desperdiçar as fibras. As frutas são uma ótima pedida para o café da manhã, assim você já inicia o dia com uma dose deste nutriente.

Istock
Imagem: Istock

Cereais integrais
Alimentos como aveia, arroz integral, feijão e lentilhas também possuem alto valor de fibras, o que facilita na “limpeza” dos triglicérides. Outro benefício é que as fibras solúveis também auxiliam a diminuir o LDL, popularmente conhecido como colesterol ruim.

fcafotodigital/Istock
Imagem: fcafotodigital/Istock

Peixes
Inclua essa carne mais vezes no cardápio da semana. Além de ser uma ótima substituta para as carnes vermelhas, que são mais gordurosas, o peixe ainda é rico em ômega-3, um tipo de gordura saudável, que possui papel anti-inflamatório e ainda quebra as partículas de triglicérides no sangue, facilitando, assim, sua saída. No entanto, vale ressaltar que a dieta para diminuir os triglicérides pede menor quantidade de gorduras totais --ou seja, de qualquer tipo de gordura. Consuma peixe de duas a três vezes por semana e sem ser frito.

iStock
Imagem: iStock

Verduras folhosas
Alface (de preferência as folhas mais escuras), couve e espinafre são outras fontes de fibras. No preparo destes alimentos, opte por fazer a comida refogada e não jogue fora os talos, que são ricos neste composto. Uma alternativa é picar essas partes que as pessoas costumam jogar fora e acrescentá-las em sopas e risotos. Sem desperdícios.

iStock
Imagem: iStock

Leites e derivados desnatados
Opte por leites e derivados na versão desnatada, que possui menor teor de gordura. Queijo branco, ricota e cottage são opções de queijos magros. Nos rótulos dos iogurtes, observe se eles possuem amido na composição. O segundo ingrediente tem mais carboidrato, que será convertido em gordura no corpo.

VEJA TAMBÉM:

Melhor evitar:

Istock
Imagem: Istock

Farinha branca
Tudo que se transforma em carboidrato tem que ser reduzido da dieta de quem deseja diminuir a taxa de triglicérides. Troque as farinhas brancas pelas integrais e, mesmo fazendo a substituição, consuma com moderação. Não adianta se entupir de biscoito ou pão integral, já que eles também contêm carboidrato.

iStock
Imagem: iStock

Frituras
Como já explicado, a redução de gorduras totais é um dos grandes pilares da dieta para redução dos triglicérides. Então, cortar as frituras do modo de preparo dos alimentos é essencial. Em vez de fritar o alimento, opte pelas versões cozidas, refogadas ou grelhadas. Nada de encharcar os alimentos em óleo.

Getty Images
Imagem: Getty Images

Açúcar
O consumo de açúcar por uma pessoa que não gasta muita energia também será armazenado em forma de triglicérides. Mesmo açúcar mascavo ou demerara, considerados mais saudáveis, acabam se transformando em glicose que, consequentemente, será convertida em triglicérides.

Reprodução/Instagram/@caloriebrands
Imagem: Reprodução/Instagram/@caloriebrands

Suco de caixinha
Um tipo de açúcar que aumenta bastante a taxa de triglicérides é a frutose, principalmente a versão em xarope, que costuma estar presente nos ingredientes dos sucos de caixinha. Alguns sucos podem até levar os dizeres de que não levam adição de açúcar, mas podem ter outro preparo rico em frutose --que tem alta entrada nas células do corpo e aumenta a formação de reserva de gordura.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook • Instagram • YouTube