menu
Topo

Pergunte ao VivaBem

Os melhores especialistas tiram suas dúvidas de saúde

Fazer exercício no meio do trânsito pode fazer mal à saúde?

Pergunte - Exercício no meio do trânsito
Imagem: Fernanda Garcia/VivaBem

Gabriela Ingrid

Do UOL VivaBem, em São Paulo

13/11/2018 04h00

"Praticar atividades físicas no meio do trânsito diminui os danos causados pela poluição aos meus pulmões?"

Saber se a prática de atividades físicas no meio do trânsito diminui os danos causados pela poluição aos meus pulmões ainda é controverso. O que a ciência pode dizer é que as partículas de carvão oriundas da emissão veicular são associados a um risco para a saúde e que quando o indivíduo faz exercício, ele precisa ventilar mais, permitindo que uma carga maior desse material chegue aos pulmões.

A contradição vem do fato de que, a atividade previne o corpo de doenças relacionadas à exposição aos poluentes, ao mesmo tempo em que também deixa o corpo mais exposto.

VEJA TAMBÉM:

Para se ter noção de como mesmo os estudos confiáveis realizados sobre o tema são controversos. Um deles, publicado no periódico The Lancet em dezembro de 2017, mostrou que idosos que se exercitam em ambiente urbano podem sofrer danos na saúde do pulmão e das artérias devido à poluição causada pelas emissões de carbono. A pesquisa sugere que a qualidade do ar pode impactar diretamente nos efeitos da prática de exercícios. E não são só os idosos que estão no grupo de risco. De acordo com os autores do estudo, apesar de a pesquisa ter sido feita com pessoas acima de 60 anos, os jovens também podem ser impactados pela exposição aos poluentes durante a atividade física.

Entretanto, outra pesquisa, conduzida pela Universidade de Cambridge, no Reino Unido, em maio de 2016 sugere que os benefícios das atividades ao ar livre, como andar de bicicleta ou correr, são maiores do que os danos causados pela exposição à poluição durante o exercício.

Seja qual for o impacto aos pulmões, é melhor se prevenir. Os experimentos feitos até então mostraram que os riscos estão associados à exposição aos poluentes do ar durante o treino e não à prática de atividades físicas em si. Portanto, uma saída seria optar por se exercitar em áreas verdes, com o menor trânsito de veículos possível, ou em locais fechados. E nem precisa ir muito longe. Afastar-se cerca de 50 metros do local de grande tráfego de carros já diminui a exposição às partículas de poluição. Além disso, é bom evitar os horários de pico também, quando o trânsito fica pior, assim como a quantidade de gases emitidos.

Fontes: Carmen Valente Barbas, pneumologista do Hospital Israelita Albert Einstein; João Marcos Salge, pneumologista do HCor (Hospital do Coração).

Quais são suas principais dúvidas sobre saúde do corpo e da mente? Mande um e-mail para pergunteaovivabem@uol.com.br. Toda semana, os melhores especialistas respondem aqui no UOL VivaBem.

Siga o UOL VivaBem nas redes sociais
Facebook - Instagram - Youtube