menu
Topo

Equilíbrio

Cuidar da mente para uma vida mais harmônica

Apatia pode ter relação com chance maior de desenvolver demência

iStock
É melhor tomar cuidado com a indiferença Imagem: iStock

Do UOL VivaBem, em São Paulo

09/10/2018 10h40

Estado caracterizado por indiferença, ausência de sentimentos, falta de atividade e desinteresse, a apatia também pode significar uma chance maior de desenvolver demência. O artigo que relaciona o sentimento à doença foi publicado no periódico JAMA Psychiatry neste mês e sugere que a perda de motivação pode se tornar uma maneira relativamente fácil de identificar um risco aumentado da condição.

Para chegarem a essa suposição, os pesquisadores avaliaram e coletaram dados de 16 estudos, incluindo 7.365 participantes. "Os resultados mostraram que a apatia foi associada a um risco aumentado de aproximadamente duas vezes de demência", concluíram os autores.

VEJA TAMBÉM

A relação entre a sensação e a demência não é novidade. A apatia é uma característica comum da doença, ocorrendo em cerca de metade das pessoas com Alzheimer. A diferença é que, com o novo estudo, alterações na apatia poderiam ser úteis para os médicos, ajudando-os a avaliar o risco potencial de desenvolver demência, juntamente com testes clínicos padrão.

Como sempre, mais pesquisas são necessárias para reunir mais detalhes sobre esse relacionamento. Os autores também observam que é importante lembrar que nem todo adulto mais velho com apatia desenvolverá demência. No entanto, eles também escrevem que os idosos com apatia "representam um grupo altamente vulnerável que tende a se afastar dos cuidados". Por esse motivo, a detecção da sensação de indiferença pode ser um sinal de que os médicos precisam observar esses pacientes com mais atenção.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube