menu
Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor

Dúvidas que muitos homens têm sobre o pênis e sentem vergonha de perguntar

iStock
Imagem: iStock

Leonardo Costas

Colaboração para o VivaBem

27/09/2018 04h00

Peru, pingulim, bilau, amigão... Não importa como você chama o seu pênis, o fato é que o órgão sexual masculino gera muitas dúvidas entre os homens --e também as mulheres.

Vai dizer que nunca passou pela sua cabeça se o tamanho do seu pênis é ok? E por que ele está todo animado quando você acorda? Ou se essas ferramentas malucas que prometem aumentar o órgão realmente funcionam? E esse é o tipo de questionamento que muitos homens guardam para si, não saem perguntando por aí...

Para não deixá-lo na mão, respondemos a seguir algumas curiosidades sobre o pênis e seus fiéis companheiros, os testículos.

Qual é o tamanho médio? 

Um estudo publicado no periódico BJU International, feito com mais de 15 mil homens, aponta que o tamanho médio do pênis é de 9 cm em estado flácido e de 13 cm ereto. Mas você está cansado de saber que tamanho não é documento quando o assunto é proporcionar prazer à parceira, certo? Só deve existir preocupação em relação ao tamanho quando o pênis ereto mede menos de 7,5 cm. Aí, o homem pode ter dificuldades de penetração e sua função reprodutiva comprometida

VEJA TAMBÉM

O pênis pode quebrar?

Literalmente, ele não quebra. O membro não é formado por estruturas ósseas, mais possui estruturas esponjosas (corpos cavernosos) que enchem de sangue durante a ereção e podem sofrer algum tipo de fratura. Embora não seja muito comum, a lesão é bastante dolorosa.

"O que ocorre é a ruptura da túnica albugínea, uma estrutura elástica e resistente que envolve as estruturas internas do pênis e permite sua ereção. Geralmente, acontece quando ele está completamente ereto e, ao dobrar-se repentinamente, essa túnica se rompe e produz um som que se assemelha ao ruído de um osso se quebrando", afirma Marco Nunes, urologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

Se por um azar você tiver o problema, o ideal é procurar um especialista imediatamente, já que a lesão pode ter mais complicações para quem demora para buscar ajuda. Entre os riscos estão deformidade permanente do pênis, dor nas relações sexuais e até quadros de impotência. 

É possível aumentar de tamanho com ou sem procedimento cirúrgico?

Segundo Carlos Da Ros, chefe do departamento de sexualidade e reprodução da Sociedade Brasileira de Urologia, não existe, até hoje, qualquer técnica ou manobra que efetivamente aumente o pênis. "Em muitos lugares, esses procedimentos são considerados experimentais e somente podem ser realizados em instituições de ensino, sem custo para o paciente, e com um consentimento informado. No geral, as técnicas empregadas sem comprovação científica acabam causando mais mal do que qualquer benefício. Levam a deformidades, disfunção erétil, infecções, áreas anestesiadas, encurtamento, etc.", esclarece o especialista. 

Buscar esse tipo de procedimento ainda pode levar o homem a um quadro de depressão e redução da autoestima, pois a pessoa, que já estava descontente com as dimensões da genitália, fica ainda mais insatisfeita se houver uma piora.  

iStock
Imagem: iStock

Por que encolhe no frio?

Isso é normal e acontece porque no frio os vasos sanguíneos se contraem, o que limita o fluxo de sangue para o pênis, provocando a diminuição de tamanho. "Normalmente, o órgão se contrai em cerca de 50% de seu comprimento e em 20% a 30% na sua circunferência quando a pessoa está exposta a qualquer temperatura abaixo de 15 graus", explica Rodolfo Santana, urologista do Centro de Estudos e Pesquisas João Amorim (CEJAM).

Por que às vezes acordamos com o pênis ereto?

A ereção matinal ou ereção peniana noturna é um fenômeno natural e involuntário dos homens. "Todos os homens que não apresentam nenhum tipo de disfunção erétil têm cerca de três a cinco ereções por noite. Isso é um mecanismo de autodefesa do pênis para otimizar a oxigenação e prevenir a fibrose dos corpos cavernosos", diz Nunes.

Então, não sinta vergonha em acordar animado. A preocupação só deve existir em caso de ausência de ereções noturnas, que pode ser um indício de alguma condição patológica e deve ser investigada por um especialista.

Por que levar uma pancada no saco dá dor de barriga? 

Se você já levou uma bolada lá, sabe que isso gera uma dor imensa, que irradia para o abdômen --só de lembrar já cai uma lágrima... O escroto ou saco testicular é um órgão muito sensível, pois está em uma região cheia de terminações nervosas. Além disso, por estar localizado externamente é mais suscetível a traumas locais, o que gera grande. Como os testículos nascem junto aos rins na fase embrionária, qualquer trauma ou lesão local pode gerar dor que irradia para o abdômen

Tem perigo levar uma pancada nos testículos?

Segundo Santana, tudo está relacionado à intensidade do impacto. "Após um trauma testicular, o ideal seria uma avaliação de um médico urologista, pois ele fará uma análise inicial para quantificar o grau da lesão." 

Ela é leve quando a dor e o edema escrotal são mínimos (caso mais comum). É moderada quando há dor e edema escrotal; e grave se a dor é significativa e está acompanhada de inchaço no escroto ou impossibilidade de realizar o exame devido à dor.

Geralmente, somente lesões graves trazem complicações para a fertilidade do homem. O tratamento de um trauma testicular depende da avaliação clínica e do grau do problema.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook -Instagram - YouTube