menu

Topo

No supermercado

Um manual para te ajudar a comprar melhor


Macarrão integral, grano duro ou colorido? Veja o melhor para sua saúde

Marcia Albuquerque/VivaBem
Imagem: Marcia Albuquerque/VivaBem

Thais Szegö

Colaboração para UOL VivaBem

10/09/2018 04h00

O macarrão é feito basicamente com dois ingredientes: farinha de trigo e água. No entanto, alguns tipos podem ter itens opcionais na receita, como ovos, fontes de fibras, o farelo de trigo, vegetais em pó e até mesmo corantes naturais.

Trata-se de um alimento amplamente consumido pela população, já que tem custo acessível, é fácil de ser preparado e é bastante versátil, pois combina com tudo. E é nesse ponto que é preciso ter cuidado, pois, dependendo do que for servido sobre ele, pode transformá-lo em prato bem calórico.

O ideal é tomar cuidado com o molho branco e os queijos, inclusive o ralado usado na finalização, e abusar da criatividade, lançando mão especialmente do extrato de tomate, dos vegetais e dos temperos variados.

No mercado existem diferentes formatos de massas, como espaguete, fettuccine e fussili, e eles não influenciam no que diz respeito aos benefícios nutricionais. Por outro lado, o que vai no preparo da massa pode fazer diferença. Conheça melhor os diferentes tipos antes de escolher um para colocar no carrinho:

O macarrão de grano duro é a melhor aposta para quem prefere a massa al dente.
Os produtos tradicionais são feitos com uma espécie de trigo chamada Triticum aestivum ou trigo comum, que é utilizada em vários tipos de alimentos à base da farinha desse grão, como pães bolos e biscoitos. Os produtos de grano duro são feitos com outro tipo de trigo, o Triticum  durum, que é adequado para a produção de massas, pois permite que elas fiquem com uma textura um pouco mais firme depois de prontas, o que, segundo os especialistas em gastronomia, é o correto. Além disso, ele é naturalmente rico em carotenoides, substâncias com ação antioxidante.

A massa com ovos tem fama de ter mais proteína, mas isso não é verdade.
Nesse caso são usados aproximadamente quatro ovos para cada quilo de produto. Eles entram na receita por causa das suas propriedades tecnológicas, pois a albumina --uma proteína da clara -- ajuda a manter a estrutura da massa depois do cozimento. Existe um apelo mercadológico de que esse tipo acaba levando vantagem no quesito proteína, já que os ovos são fontes dessa substância, mas, se compararmos os rótulos desse tipo de alimento, vamos perceber que não há um aumento significativo do nutriente.

Os integrais, sim, merecem destaque por causa das suas propriedades nutricionais
Eles contêm aproximadamente 5 gramas de fibra em cada 80 gramas de alimento, em comparação a 2 gramas na mesma porção das massas tradicionais. Por isso, contribuem para a ingestão dessa substância que oferece diversos benefícios, como combater a prisão de ventre, ajudar no controle do peso e participar do controle do colesterol e da glicemia. Além disso, essa versão costuma ter um valor calórico um pouco mais baixo do que os outros.

Os produtos coloridos são bem-vindos, mas não substituem os vegetais
Aqueles que têm vários tons no mesmo saquinho, como os tricolore, normalmente são feitos com vegetais desidratados, como o espinafre e o tomate, que dão as cores diferentes à massa e podem contribuir com alguns benefícios nutricionais, mas suas quantidades na receita são muito pequenas, por isso não excluem a necessidade da ingestão de legumes e verduras.

As opções sem glúten são indicadas aos celíacos
Muita gente acredita que comer alimentos sem essa substância é mais vantajoso para todo mundo e, apesar de haver uma corrente de especialistas que defende essa teoria, esse tipo de massa é produzida para pessoas que sofrem com doença celíaca e por isso são intolerantes a esse tipo de proteína.

Informações nutricionais

Tradicional

  • Porção 80 gramas (1 xícara de chá)
  • Valor energético: 282 kcal
  • Proteínas: 9,0 gramas
  • Fibra alimentar: 2,4 gramas

Com ovos

  • Porção 80 gramas (1 xícara de chá)
  • Valor energético: 278 kcal
  • Proteínas: 9,2 gramas
  • Fibra alimentar: 2,0 gramas

Integral

  • Porção 80 gramas (1 xícara de chá)
  • Valor energético: 270 kcal
  • Proteínas: 9,5 gramas
  • Fibra alimentar: 5,2 gramas

Sem glúten

  • Porção 80 gramas (1 xícara de chá)
  • Valor energético: 282 kcal
  • Proteínas: 5,2 gramas
  • Fibra alimentar: 2,5 gramas

Colorido

  • Porção 80 gramas (1 xícara de chá)
  • Valor energético: 282 kcal
  • Proteínas: 9,1 gramas
  • Fibra alimentar: 2,4 gramas


Fonte: Caroline Joy Steel, professora doutora no curso de engenharia de alimentos da Unicamp, em Campinas, no interior de São Paulo.

SIGA O VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook • Instagram • YouTube