Topo

Equilíbrio

Cuidar da mente para uma vida mais harmônica

Além de aumentar produtividade, café também estimula trabalho em equipe

iStock
No estudo, os participantes que haviam tomado a bebida com cafeína tenderam a avaliar a si mesmos e aos outros de forma mais positiva Imagem: iStock

Do VivaBem

07/06/2018 15h19

O café é conhecido por nos manter mais alertas e focados, mas esse estimulante pode ajudar a sustentar não apenas o esforço individual, mas também a interação de uma equipe. Um novo estudo, publicado no periódico Journal of Psychopharmacology, mostrou que indivíduos que tomam uma xícara de café antes de se envolverem em uma tarefa em equipe trabalham de forma mais construtiva com os colegas.

Os pesquisadores da Ohio State University, nos Estados Unidos, realizaram dois experimentos: no primeiro, eles recrutaram 72 estudantes de graduação. Foi oferecida uma xícara de café (270 mg de cafeína) para metade dos indivíduos e, em seguida, por 15 minutos, foram discutidos tópicos controversos para todos os participantes. A outra metade dos voluntários tomou café apenas após essa tarefa, para comparar o seu envolvimento com os colegas que trabalhavam sob a influência da cafeína.

Leia também:

No final das discussões em grupo, todos foram convidados a avaliar as contribuições de outros membros do grupo, bem como as suas próprias. Os pesquisadores descobriram que os participantes que beberam café antes de se engajarem na discussão em grupo tenderam a avaliar o seu próprio desempenho, assim como o dos membros de sua equipe, mais positivamente do que os indivíduos que só podiam tomar café depois dessa tarefa.

No segundo experimento, os pesquisadores trabalharam com 61 participantes que receberam café no início da tarefa. Metade deles tomou café com cafeína (uma bebida de 300 ml com 270 miligramas de cafeína), enquanto a outra metade ingeriu uma versão descafeinada, com não mais de 3 ou 5 mg de cafeína. Mais uma vez, os alunos foram divididos em pequenos grupos e convidados a discutir um tema controverso. Novamente, após a tarefa, eles tiveram que avaliar o desempenho de seus próprios membros e de sua equipe.

O experimento confirmou os resultados anteriores: os participantes que haviam tomado a bebida com cafeína tenderam a avaliar a si mesmos e aos outros de forma mais positiva.

Mas por que isso acontece?

Após ambos os testes, todos os participantes foram solicitados a relatar o quanto se sentiam alertas, e aqueles que ingeriram cafeína se sentiram mais enérgicos do que os estudantes que acabaram consumindo bebidas descafeinadas. Assim, os cientistas concluíram que pode ser um estado de alerta relacionado à cafeína que faz as pessoas se sentirem mais positivas sobre si mesmas e sobre os outros em um ambiente de grupo.

"Nós suspeitamos que quando as pessoas estão mais alertas, veem a si mesmas e os outros membros do grupo contribuindo mais, e isso lhes dá uma atitude mais positiva", diz Amit Singh, autor do estudo.

VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook • Instagram • YouTube