Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor

Cientistas descobrem que vírus pode ajudar no tratamento do câncer

iStock
Vírus pode ajudar contra cânceres de ovário, mama, pâncreas, pulmão e oral Imagem: iStock

Do VivaBem, em São Paulo

02/06/2018 12h07

Você já deve ter associado os vírus a doenças e outros problemas de saúde, não é mesmo? A boa notícia é que cientistas da Universidade de Cardiff, no Reino Unido, projetaram recentemente uma maneira de usá-los como uma força para o bem na luta contra o câncer. As evidências foram publicadas na revista Clinical Cancer Research.

Os pesquisadores conseguiram "treinar" vírus para reconhecer o câncer de ovário e matá-lo sem danificar nenhum tecido saudável. 

Leia também:

O novo estudo baseia-se em pesquisas semelhantes dos últimos anos. "Vírus reprogramados já estão sendo usados em procedimentos de terapia gênica para tratar uma série de doenças, demonstrando que podem ser treinados de serem potencialmente fatais em agentes potencialmente salvadores.", explica Alan Parker, autor do estudo.

Vírus reprogramado

A equipe usou um vírus comum, bem estudado e o redesenharam completamente para que ele não conseguisse mais se ligar a células não-cancerosas.

Uma vez que um vírus entra em uma célula, ele sequestra a maquinaria celular para fazer milhares de cópias de si mesmo. Então, a célula se rompe e os novos vírus estão livres para infectar as células vizinhas. Nos vírus pré-treinados, o mesmo ocorre, mas apenas as células cancerígenas são invadidas e rompidas.

Como um bônus adicional, o vírus desencadeia uma resposta imune e ajuda o sistema imunológico a reconhecer e destruir as células cancerígenas.

No futuro, os pesquisadores esperam melhorar ainda mais sua arma viral. Eles querem treinar o vírus para reconhecer um componente proteico que é compartilhado pelos cânceres de ovário, mama, pâncreas, pulmão e oral.