Topo

Pergunte ao VivaBem

Os melhores especialistas tiram suas dúvidas de saúde

Eu bocejo demais, será que é algum problema de saúde?

Pergunte ao VivaBem - bocejo
Imagem: Fernanda Garcia/VivaBem

Gabriela Ingrid

Do VivaBem

08/05/2018 04h00

"Eu bocejo várias vezes durante o dia. Isso pode ser um indício de que tenho algum problema de saúde mais grave?"

A ciência ainda não sabe explicar por que nós bocejamos, apenas que é um reflexo involuntário e que indica que o corpo precisa descansar. Entretanto, existem algumas teorias, como: durante o bocejo, a inspiração é mais profunda, o que melhoraria a oxigenação do sangue e eliminaria o excesso de gás carbônico, combatendo o sono. Também tem a hipótese de que bocejar tenha a ver com a termorregulação (manutenção da temperatura interna ideal pelo próprio organismo.

O fato é que a explicação mais comum para bocejar com mais frequência do que você considera “normal”, ou melhor, em horários distantes do que você está habituado a dormir, seja justamente seu sono. É fácil entender: se você não tem o sono adequado e reparador, o corpo tenta avisá-lo disso durante o dia, “enviando” bocejos aleatórios. E problemas com o sono podem ser causados por diferentes fatores.

Leia também:

Os mais comuns são a insônia e a apneia (pequenas interrupções da respiração durante o sono que impedem o descanso noturno), mas ansiedade, depressão, problemas cardíacos, respiratórios e até o câncer de próstata (que faz os homens acordarem a cada duas horas para urinar) podem atrapalhar suas horas de descanso.

Se o seu sono for adequado, o problema pode estar em outro lugar. Algumas doenças neurológicas também podem causar sonolência excessiva nos pacientes, como epilepsia e esclerose múltipla. Por causarem alterações neurológicas, tumores cerebrais também podem aumentar o número de bocejos. Além disso, alguns medicamentos têm ação no sistema nervoso e causam sonolência, como sedativos, antialérgicos, antidepressivos e anticonvulsivantes.

Fontes: Abrão Cury, cardiologista e clínico geral do HCor (Hospital do Coração); Mauro Iervolino, coordenador da Clínica Médica do Hospital Israelita Albert Einstein; Fábio Lorenzetti, Coordenador do Departamento de Medicina do Sono da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial.

Quais são suas principais dúvidas sobre saúde do corpo e da mente? Mande um e-mail para pergunteaovivabem@uol.com.br. Toda semana, os melhores especialistas respondem aqui no VivaBem.

Siga o VivaBem nas redes sociais
Facebook • Instagram • Youtube