menu

Topo

Tudo sobre Hipertensão

Sintomas e tratamentos da doença


Tudo sobre Hipertensão

Pessoas preferem tomar remédio do que se exercitar para tratar hipertensão

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do VivaBem

2018-04-15T17:00:47

15/04/2018 17h00

Um remédio gratuito, sem efeitos colaterais e que previne inúmeras doenças. Assim pode ser considerada a atividade física. No entanto, algumas pessoas ainda preferem tomar comprimidos do que fazer exercícios para combater problemas de saúde. Pelo menos, isso é o que mostra uma pesquisa recente da American Heart Associantion.

No questionário, pessoas tiveram que apontar quais táticas adotariam para tratar a hipertensão arterial e ganhar um tempo extra de vida, caso sofressem da doença. Resultado: para viver cinco anos a mais, 96% dos participantes afirmaram estar dispostos a tomar uma pílula ou beber um chá; enquanto 93% disseram que se exercitariam.

Veja também:

A desvantagem da atividade física foi maior quando o tempo a mais de vida foi encurtado para 30 dias. Nesse caso, 79% das pessoas revelaram que ingeririam um pílula; 78% tomariam chá; e 63% treinariam.

"O resultado demonstra que as pessoas naturalmente atribuem diferentes pesos para intervenções que melhoram a saúde vascular. Por isso, precisamos levar a informação em conta na hora de escolher o melhor tratamento para um paciente. Geralmente, discutimos apenas os efeitos colaterais, mas não consideramos o fardo que pode ser para ele tomar um medicamento ou fazer exercícios para o resto da vida", afirmou Erica  Spatz, principal autora da pesquisa e professora assistente de medicina cardiovascular da Universidade de Yale (EUA). 

Segundo os próprios autores, uma limitação do estudo é que a maioria dos entrevistados tinha menos de 45 anos. Como os problemas cardiovasculares são mais comuns em pessoas com idade acima dessa, a escolha de quem realmente precisa tratar hipertensão pode ser diferente. 

Responsável por quase 10 milhões de mortes no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a pressão alta é um dos principais fatores de risco para problemas como infarto e AVC. Entre as principais medidas para evitar o problema estão fazer exercícios regularmente, ter uma alimentação repleta de alimentos naturais e com pouco sal, evitar o consumo de álcool, não fumar, controlar o estresse e manter o peso controlado

Siga o VivaBem nas redes sociais
Facebook • Instagram • Youtube  

Mais Tudo sobre Hipertensão