Topo

Longevidade

Práticas e atitudes para uma vida longa e saudável

"Praticar esportes me dá disposição para fazer sexo", diz senhor de 83 anos

Arquivo Pessoal
Jaci Cangussú, 83, e sua mulher, Leir Imagem: Arquivo Pessoal

Bárbara Therrie

Colaboração para o VivaBem

13/04/2018 04h00

Aos 83 anos, o taxista aposentado Jaci Cangussú, de Minas Gerais, tem na atividade física uma aliada na vida sexual com a esposa, Leir Cangussú, 78, com quem é casado há 60 anos. Neste relato, ele conta o que faz para manter a disposição:

“Desde jovem, sempre gostei de esporte mas, como trabalhava como taxista e passava a maior parte do dia dirigindo, não tinha muito tempo para me exercitar. Quando tinha uma pausa entre as corridas, aproveitava para caminhar. Depois que me aposentei, meus horários ficaram mais flexíveis e passei a praticar atividades físicas com mais frequência.

Durante a semana, procuro ter uma rotina de exercícios. Acordo bem cedo, por volta das 5h ou 6h da manhã. A primeira coisa que faço é ler um trecho da Bíblia. Depois tomo café da manhã e vou me exercitar. Às vezes, a minha esposa, Leir, me acompanha, mas quando ela não pode, vou sozinho. Caminho entre 6 a 10 km por dia.

Leia também:

Caminho, faço musculação e também treino em casa.

Após a caminhada, vou para a musculação. Treino no clube ou nos equipamentos de ginástica das praças. Gosto de pegar peso e trabalho todos os grupos musculares usando os aparelhos. Quando não consigo treinar ao ar livre, porque está chovendo ou porque tenho algum compromisso, faço 1 hora de esteira em casa. Gosto muito de lutas e, no ano passado, frequentei uma academia e participava das aulas de boxe, de jiu-jitsu e de MMA com a molecada. 

Já dancei até zumba. Sou agitado, não gosto de ficar parado.

Minha idade nunca foi obstáculo para me movimentar. Já dei a volta na Lagoa da Pampulha [Belo Horizonte, MG] três vezes. Na segunda vez que fiz o trajeto de 18 km, tinha 78 anos. Um sobrinho bem mais jovem do que eu, de 40 anos, foi comigo, mas não aguentou e parou na metade do caminho. Ele pegou uma carona de carro, enquanto eu continuei caminhando e correndo até concluir a volta. Fiquei feliz de ter conseguido e ainda tirei sarro dele. A última vez que dei a volta na lagoa estava com 80 anos.

Aos 83 anos, tenho uma vida sexual ativa com a minha esposa.

Arquivo Pessoal
Imagem: Arquivo Pessoal
Praticar esporte também me dá bastante disposição e energia para fazer sexo com a minha esposa. Esse ano completamos 60 anos de casados. Temos uma vida sexual ativa, mas de acordo com o nosso ritmo e idade. Eu tenho 83 e ela 78. O sexo não é mais como na época em que éramos jovens, mas continua prazeroso do mesmo jeito, porque temos desejo um pelo outro.

Acho minha esposa muito bonita, atraente e sou bastante ciumento. 

Tenho mais ânimo para sexo do que ela. Ter relação sexual é muito importante na vida de um casal, independentemente da idade. Eu e a Leir tentamos não cair na rotina nem desanimar. 

Se o sexo acabar, vai parecer que somos dois amigos, irmãos. Não podemos perder a essência de homem e mulher.

O exercício físico é nosso aliado e nos ajuda a nos manter ativos sexualmente, porque movimenta o nosso corpo e mente e nos tira do sedentarismo. Minha esposa também faz atividades regularmente. Ela faz musculação há mais de 30 anos e não aparenta ter a idade que tem.

Além da prática esportiva, eu faço acompanhamento médico duas vezes ao ano com o meu urologista e sexólogo. Conversamos bastante e ele já me indicou alguns remédios. Quando eu e a Leir queremos aproveitar nossos momentos com mais intensidade, assistimos a alguns filmes também.

Sou um homem feliz, otimista e quero passar dos 100 anos! O esporte é tudo para mim. É o que me dá disposição, coragem, ânimo e saúde para continuar vivendo.”

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor