menu
Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor

Amamentar o filho de outra mulher, como exibido em "Outro Lado", é perigoso

Reprodução/Globo
Imagem: Reprodução/Globo

Do VivaBem

28/03/2018 15h30

A SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria) divulgou uma nota de esclarecimento sobre a “amamentação cruzada” (quando uma mulher aleita o filho de outra) nesta quarta-feira (28). A entidade decidiu anunciar os perigos da prática após a novela “O Outro Lado do Paraíso” exibir, no capítulo desta terça, uma cena em que a personagem Susy, vivida pela atriz Ellen Roche, promove a chamada amamentação cruzada para ajudar outra mãe.

De acordo com a SBP, dar de mamar ao filho de outra mulher oferece risco de transmissão de doenças infectocontagiosas, como o HIV, sobretudo para as crianças. O ideal, segundo a nota, seria que as informações fossem corrigidas, para não colocar a saúde dessas crianças em risco.

“Toda a população deve dar suporte para as mães que amamentam. Contudo, para tanto, é preciso evitar que práticas não recomendáveis, como a amamentação cruzada, sejam difundidas, o que pode confundir e causar problemas graves”, diz Luciana Rodrigues Silva, presidente da entidade, no comunicado.

Não existe leite materno fraco

A SBP ainda aponta que a informação divulgada na cena de que existe leite materno “fraco” também é incorreta. “A amamentação deve ser estimulada, pois é o único processo natural que garante acesso ao alimento completo e mais adequado para as crianças”, afirmou o comunicado. “Por isso, deve ser oferecido, de modo exclusivo, nos seis primeiros meses, podendo ser complementado a partir de então.”

Os pediatras lembram que uma criança pode receber leite de outra mulher, desde que “esse leite seja oriundo de uma doação a um banco de leite humano, onde recebe tratamento que o deixa livre de qualquer possibilidade de transmissão de doenças”.

Segundo a presidente da SBP, os pediatras pedem para que todos os veículos de comunicação, em especial a emissora responsável novela, ajudem a disseminar de modo correto as vantagens do aleitamento.