menu

Topo

Tudo sobre Infarto

Sintomas e tratamentos da doença


Tudo sobre Infarto

Ter ansiedade não é bom, mas pode salvar você de um ataque cardíaco

iStock
Ansiedade pode te salvar de um ataque cardíaco Imagem: iStock

Do VivaBem, em São Paulo

2018-03-04T13:33:14

04/03/2018 13h33

Quem sofre de ansiedade sabe que os sentimentos de aflição, preocupação em excesso e medo trazidos pelo problema não são nada legais. Mas, às vezes, o problema pode proteger sua vida.

Pesquisadores da Universidade Técnica de Munique, na Alemanha, descobriram que pessoas com transtorno de ansiedade generalizada possuem maior chance de sobreviver a um ataque cardíaco do que quem não tem o problema. Motivo: Elas tendem a ser mais preocupadas com a saúde e buscar socorro médico mais rapidamente após sofrer um infarto. 

Veja também:

O estudo, publicado no períodico Clinical Research in Cardiology, analisou 619 pessoas que receberam atendimento após sofrer um ataque cardíaco. Em média, as mulheres ansiosas chegaram ao hospital uma hora e 52 minutos depois de ter o problema. Já as que não possuem transtorno de ansiedade demoraram três horas e 58 minutos para procurar socorro. 

Entre os homens com ansiedade o tempo médio para ir até o médico foi de duas horas e meia, contra três horas e dezoito minutos de quem não sofre com o problema. Segundo o professor Karl-Heinz Ladwig, líder do trabalho científico, cada meia hora que a pessoa demora para ser socorrida após um ataque pode ser determinante para sua sobrevivência.

"Nossa análise revelou uma coisa importante sobre indivíduos ansiosos: eles geralmente possuem melhor percepção sobre os cuidados de saúde que necessitam", afirmou Ladwig. No entanto, o professor alemão lembra que a ansiedade aumenta o risco de ter um ataque cardíaco. Por isso, é essencial que pessoas que sofrem com o problema busquem ajuda psicológica para solucioná-lo.

SIGA O VIVABEM NAS REDES SOCIAIS

Facebook: https://www.facebook.com/VivaBemUOL/
Instagram: https://www.instagram.com/vivabemuol/

Inscreva-se no nosso canal no YouTube: http://goo.gl/TXjFAy  

Mais Tudo sobre Infarto