menu
Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor

Obesos teriam mais chance de sobreviver ao câncer de pele metastático

iStock
Imagem: iStock

Do VivaBem

20/02/2018 11h55

Por mais estranho que pareça, o sobrepeso parece alterar a resposta do corpo à terapia do câncer de pele com metástase, de acordo com um novo estudo publicado na revista Lancet Oncology.

Os pesquisadores analisaram 1.918 pessoas, 1.155 deles homens, sob tratamento para melanoma metastático.

Veja também

Durante a análise, os cientistas observaram que, em comparação com homens de peso normal, os obesos em tratamento tinham quase o dobro do tempo de sobrevivência livre de progressão do câncer e quase o dobro do tempo de sobrevivência em geral.

De acordo com o resultado do estudo, quanto maior era o peso do homem, maior era o efeito do tratamento. Não houve associação de obesidade com sobrevivência ao câncer em mulheres.

iStock
Por algum motivo, a obesidade faz com que o corpo responda melhor à terapia Imagem: iStock

Os cientistas ainda notaram que isso ocorreu apenas em homens submetidos à imunoterapia, tratamento que ajuda o sistema imunológico a combater o câncer, e naqueles que recebem terapia direcionada, que visa prevenir a reprodução de células cancerosas sem atacar células saudáveis.

Entre os que se trataram com quimioterapia, que ataca células saudáveis e cancerosas, não houve aumento no tempo de sobrevivência.

A relação entre a obesidade e o funcionamento do tratamento é desconhecido pelos pesquisadores, mas Jennifer L. McQuade, oncologista da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, e autora do estudo, disse que provavelmente a obesidade causou uma inflamação crônica que pode mudar a resposta do corpo à terapia. "Talvez exista uma base biológica para isso", disse ela.

Mas nada de pensar que, por conta dos resultados do estudo, a obesidade é benéfica para a saúde. "Precisamos enfatizar que o excesso de peso ainda é um fator de risco para muitas doenças, incluindo 13 tipos diferentes de câncer. A coisa mais importante ainda é evitar a obesidade", alertou a médica.

SIGA O VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook: https://www.facebook.com/VivaBemUOL/
Instagram: https://www.instagram.com/vivabemuol/
Inscreva-se no nosso canal no YouTube: http://goo.gl/TXjFAy