menu
Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor

Remédio poderia ajudar cérebro adulto a se reabilitar após um AVC

iStock
Imagem: iStock

Do VivaBem

19/02/2018 11h43

Um acidente vascular cerebral (AVC) pode causar danos muitas vezes devastadores ao cérebro. Isso porque, poucos minutos após a circulação de sangue no órgão ser interrompida, as células começam a morrer, causando desde uma lesão leve até uma grave incapacidade ou morte.

No entanto, uma pesquisa realizada em crianças e jovens adultos que tiveram um derrame cerebral mostrou que o cérebro jovem é capaz de se reabilitar --o que poderia ajudar os cientistas a desenvolverem uma droga que faz o mesmo com o cérebro adulto.

Leia também:

Essa habilidade é chamada de "plasticidade cerebral" e ocorre durante toda a vida. Mas, enquanto as crianças têm alto grau de plasticidade cerebral, os cérebros adultos são menos plásticos.

A equipe da Faculdade de Medicina da Universidade de Georgetown, em Washington, nos Estados Unidos, realizou o estudo com 12 indivíduos, com idade entre 12 e 25 anos. Usando imagens cerebrais, eles descobriram que as funções controladas pelas regiões do hemisfério direito do cérebro eram como uma imagem espelhada em pessoas saudáveis.

De acordo com os cientistas, isso enfatiza que não é apenas qualquer área do cérebro que assume uma função se uma região ficar danificada. Várias partes podem ajudar.

Elissa Newport, professora de neurologia na universidade, explicou o caso em uma reunião da Associação Americana para o Avanço da Ciência, no Texas: “Observamos que, nos jovens, o hemisfério direito, que nunca controla a linguagem em uma pessoa saudável, é aparentemente capaz de assumir a língua, se você perder o hemisfério esquerdo." Segundo ela, isso não acontece nos adultos.

A médica ainda disse que, ao entender o que sustenta a plasticidade cerebral observada em jovens, os cientistas podem encontrar maneiras de tornar o cérebro adulto mais plástico também, oferecendo esperança as pessoas que sofreram um acidente vascular cerebral.

iStock
Cientistas afirmam que adultos que se recuperam de um AVC também podem usar outras partes do cérebro para assumir tarefas Imagem: iStock

Droga já está sendo estudada

Takao Hensch, professor de biologia molecular e celular da Universidade de Harvard, que também apresentou seus trabalhos na reunião, disse que, em seus estudos, ao bloquear certas moléculas no cérebro adulto que impedem a plasticidade, foi possível aumentar sua capacidade de reabilitação.

"Isso oferece novas possibilidades de tratamentos”, disse Hensch, que já está trabalhando em possíveis drogas. Ele inclusive afirmou que os remédios usados para transtornos do humor, como a bipolaridade, podem potencialmente aumentar a plasticidade em adultos.

Mas a solução não está apenas nos remédios. Nick Ward, professor de neurologia clínica da University College London, no Reino Unido, disse que os adultos que se recuperam de um acidente vascular cerebral também podem usar outras partes do cérebro para assumir tarefas, por meio de treinamentos.

"Os pacientes com AVC relativamente bem recuperados tendem a ter diferentes padrões de atividade cerebral em comparação com pessoas saudáveis. Outras partes da rede de idiomas no cérebro, por exemplo, podem ser usadas para suportar a recuperação da linguagem", disse Ward.

O professor também observou, a partir de experimentos em animais, que o próprio derrame pode aumentar a plasticidade cerebral em adultos por alguns meses, o que significa que a reabilitação e o treinamento são fundamentais.

SIGA O VIVABEM NAS REDES SOCIAIS

Facebook: https://www.facebook.com/VivaBemUOL/
Instagram: https://www.instagram.com/vivabemuol/
Inscreva-se no nosso canal no YouTube: http://goo.gl/TXjFAy