menu
Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor

Pais solteiros têm maior risco de morte precoce, revela estudo

iStock
Imagem: iStock

Do VivaBem, em São Paulo

19/02/2018 18h08

Um estudo trouxe um alerta para os pais solos, aqueles que cuidam dos filhos na maior parte do tempo. Os homens nessa situação têm maior risco de morte precoce do que mães solteiras ou caras casados, pois seu “estilo de vida geralmente não é saudável”.

Para chegar à conclusão, pesquisadores rastrearam mais de 40 mil pais no Canadá por 11 anos. Entre os voluntários, tinham homens e mulheres divorciados, separados, viúvos, solteiros sem relacionamentos e solteiros que moravam junto com o par, mas não eram casados.

Veja também:

Após os 11 anos de acompanhamento, 693 voluntários morreram, sendo que a maioria era do grupo de pais solo. Os homens sozinhos que criavam suas crianças faleceram numa proporção de 5,8 óbitos por mil pessoas por ano; já os que tinham companhia registraram 1,9 óbitos por mil pessoas por ano. A taxa de morte mães solo foi de 1,7 por mil pessoas por ano). As mulheres com parceiro demonstraram ser as menos propensas a falecer (1,2 mortes por mil pessoas por ano).

Ao ajustar as descobertas considerando as diferenças de idade, estilo de vida e saúde, a pesquisa, publicada no periódico The Lancet Public Health, mostrou que homens que criam seus filhos com pouca ou nenhuma ajuda são duas vezes mais propensos a morrer do que os outros pais.

A explicação mais provável, segundo a análise, é que homens solitários são mais propensos a conduzir estilos de vida pouco saudáveis. Eles foram o grupo que menos comeu frutas e vegetais e eram mais propensos a ter compulsões alimentares.

Uma pesquisa semelhante realizada na Suécia, que comparou pais solteiros e casados, descobriu que os homens que vivem sozinhos tinham um risco 30% maior de morrer do que os que possuíam parceira.

“As respostas mostram que pais solo têm maior mortalidade e demonstram a necessidade de políticas públicas para ajudar a identificar e apoiar esses homens”, afirmou a autora principal do estudo canadense, Maria Chiu, da Universidade de Toronto. “Mesmo sem saber a causa exata, notamos que pais solo tendem a ter estilos de vida não saudáveis, o que mostra qual área agir para ajudá-los”, completou em entrevista ao Daily Mail. 

SIGA O VIVABEM NAS REDES SOCIAIS

Facebook: https://www.facebook.com/VivaBemUOL/
Instagram: https://www.instagram.com/vivabemuol/
Inscreva-se no nosso canal no YouTube: http://goo.gl/TXjFAy