Alimentação

Ideias e informações para você comer melhor

Morrendo de calor no Carnaval? Água e alimentos certos ajudam a sobreviver

Alexandre Mota/UOL
Foliões curtem o bloco Havaianas Usadas na Avenida dos Andradas, em Belo Horizonte (MG) Imagem: Alexandre Mota/UOL

Do VivaBem, em São Paulo

12/02/2018 15h39

Curtir o bloquinho está sendo bem divertido nesses dias de Carnaval. Só que, ao ficarem praticamente o dia inteiro na rua, com o sol rachando, muitas pessoas estão sentido que o calor está, literalmente, "de matar". Isso acontece porque, nos dias quentes, o corpo perde mais água do que o normal. Nessa hora, o organismo não consegue regular a hidratação apenas pela sede e a ingestão de líquidos.

A solução é consumir também alimentos que contenham maior quantidade de água, pois eles ajudam a regular o organismo. Especialista ouvidos pelo VivaBem explicam que, quando falta líquidos, a temperatura do corpo sobe e provoca a desestruturação de proteínas. Isso gera problemas nas reações químicas do organismo, nos hormônios e nas enzimas, pois as proteínas são as responsáveis por esses processos.

Leia também:

O que devo comer?

Para continuar se divertindo no bloquinho sem problemas, vale apostar em frutas como melancia, melão e pera, além de água de coco, que devem ser consumidos de três a quatro vezes ao dia. Verduras, saladas e pratos leves são as comidas mais indicadas para os dias quentes. Motivo: além de água, alimentos naturais ajudam a repor vitaminas e minerais que o corpo perde no suor.

Uma boa saída é fazer várias pequenas refeições para facilitar a digestão e manter o metabolismo funcionando direito. Vale consumir grãos integrais, carne bovina e de frango, além de leite (ricos em zinco).

Também vale incluir nessa lista batata, tomate e banana (ricos em potássio), cereais integrais, legumes, fígado de boi e carnes vermelhas (ricos em vitaminas do complexo B), frutas cítricas e vegetais escuros (ricos em vitamina C).

Fuja desses

É difícil resistir a uma cerveja gelada no calor. Porém, bebidas alcoólicas e refrigerantes desidratam o organismo. Nosso organismo utiliza muitá água para metabolizar e eliminar as toxinas do álcool. Já os refris são feitos com xaropes cheios de química e, por isso, também são considerados tóxicos.

Comidas quentes e gordurosas também devem ser evitadas nessa época. Isso porque refeições compostas por queijos amarelos, manteiga, embutidos, frituras, molhos, massas e doces muito elaborados são de difícil digestão e sobrecarregam o sistema intestinal, provocando a sensação de moleza e sonolência. E ninguém quer ficar assim no meio do Carnaval, não é?

SIGA O VIVABEM NAS REDES SOCIAIS

Facebook: https://www.facebook.com/VivaBemUOL/
Instagram: https://www.instagram.com/vivabemuol/
Inscreva-se no nosso canal no YouTube: http://goo.gl/TXjFAy

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog da Georgia Castro
do UOL
Chef Funcional
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Bella Falconi
do UOL
BBC
AFP
do UOL
Blog da Maria Cecília Corsi
Blog Marcio Atalla
Estilo
do UOL
do UOL
Chef Funcional
Blog Nutrição sem neura
do UOL
Blog da Verônica Laino
Blog da Georgia Castro
Chef Funcional
Blog Bella Falconi
Estilo
do UOL
Blog Marcio Atalla
do UOL
Blog da Maria Cecília Corsi
do UOL
Blog Nutrição sem neura
Chef Funcional
do UOL
do UOL
Blog da Verônica Laino
do UOL
do UOL
Blog da Georgia Castro
Estilo
Estilo
Chef Funcional
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
Blog Bella Falconi
do UOL
Blog da Maria Cecília Corsi
Blog Marcio Atalla
Topo