Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor

Estudo revela como poluição sonora contribui para doenças cardiovasculares

Luis Moura/Estadão Conteúdo
Imagem: Luis Moura/Estadão Conteúdo

Do VivaBem, em São Paulo

12/02/2018 14h26

A ideia de que as doenças cardíacas podem ser causadas pelo barulho do trânsito já foi relatada em diversos estudos. No entanto, uma nova revisão, publicada no Journal of the American College of Cardiology, descobriu de que forma a poluição sonora pode afetar o coração.

Pesquisadores da Universidade Johannes Gutenberg, na Alemanha, avaliaram pesquisas sobre a ligação entre doença cardíaca e poluição sonora, além de trabalhos que investigaram os efeitos do ruído no sistema nervoso.

Leia também:

Os autores sugerem que, como resposta ao estresse provocado pela exposição ao ruído, o sistema nervoso estimula a liberação de hormônios que danificam os vasos sanguíneos.

O estudo também conecta o barulho com o estresse oxidativo --desequilíbrio entre a produção de radicais livres e a capacidade do organismo de anular seus efeitos--, que causa problemas nas veias, no sistema nervoso e no metabolismo.

Essas associações aumentam a suposição de que o barulho do trânsito ou de uma aeronave contribuem para hipertensão, diabetes e outros fatores de risco para doença cardíaca.

Os pesquisadores avaliaram as estratégias existentes para reduzir a poluição sonora e acreditam que os pneus de baixo ruído e os toques de recolhimento do tráfego aéreo podem contribuir positivamente para a redução do problema.

SIGA O VIVABEM NAS REDES SOCIAIS

Facebook: https://www.facebook.com/VivaBemUOL/
Instagram: https://www.instagram.com/vivabemuol/
Inscreva-se no nosso canal no YouTube: http://goo.gl/TXjFAy