Topo

Alimentação

Ideias e informações para você comer melhor

Quer perder peso? Aceitar que emagrecer é um feito difícil pode ajudar

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do VivaBem

03/02/2018 13h52

Esqueça a positividade. De acordo com um novo estudo, ter consciência que emagrecer é muito difícil pode ser a chave para perder peso. Apesar de parecer piada, a conclusão é muito séria e foi feita por psicólogos da Universidade Drexel, nos Estados Unidos.

Veja também:

As descobertas, publicadas no periódico The American Journal of Clinical Nutrition, no entanto, foram acidentais. Os pesquisadores tropeçaram nessa ideia quando estavam investigando algo bem diferente.

Eles queriam ver se, a longo prazo, mudanças na rotina alimentar da casa seriam melhores para a perda de peso do que a terapia comportamental, que geralmente envolve uma atitude positiva. E acabaram descobrindo que aceitar a realidade pode facilitar o processo de emagrecimento.

Getty Images
Psicologia reversa fez com que os voluntários reforçassem seu autocontrole em relação aos alimentos Imagem: Getty Images

Experimento durou três anos

Para o estudo, eles dividiram 262 pessoas obesas e com sobrepeso em três grupos diferentes: um foi submetido à terapia comportamental "clássica", outro realizou mudanças em sua rotina e o último grupo substituiu suas refeições por outras menos calóricas.

A equipe acompanhou o peso dos participantes ao longo de um período de três anos, avaliando-os a cada 6 meses.

Durante o experimento, os participantes foram constantemente lembrados de como a perda de peso é desafiadora, além do papel importante da genética e de outros fatores estavam fora de seu controle.

"A razão pela qual fizemos isso não foi para desencorajá-los", disse Michael Lowe, um dos autores do estudo, "mas para dar-lhes uma sensação mais realista de quão crucial é para eles fazer mudanças duradouras em suas rotinas alimentares em casa."

iStock
Os participantes aprenderam a encarar a realidade e confrontá-la Imagem: iStock

Autocontrole é a chave

Como resultado, as pessoas do grupo que mudou a rotina tiveram uma restrição cognitiva muito maior que a dos outros grupos e, como consequência, perderam mais peso do que as que passaram por terapia comportamental. O grupo de substituição da refeição apenas se beneficiou de mudanças nutricionais.

Os pesquisadores levantam a hipótese sobre o que poderia explicar esse efeito, dizendo: "Ao questionar a utilidade de construir habilidades de autocontrole, o grupo que modificou a rotina pode ter reforçado um controle mais forte em relação aos alimentos."

Então, a conclusão é que, se você quer começar a perder peso, faça a psicologia reversa e tente se lembrar de quão difícil é.

SIGA O VIVABEM NAS REDES SOCIAIS

Facebook: https://www.facebook.com/VivaBemUOL/
Instagram: https://www.instagram.com/vivabemuol/
Inscreva-se no nosso canal no YouTube: http://goo.gl/TXjFAy