Equilíbrio

Cuidar da mente para uma vida mais harmônica

Cientistas descobrem sintomas que podem prever transtorno bipolar

iStock
Imagem: iStock

Do VivaBem

16/01/2018 12h50

Um novo estudo publicado no periódico Harvard Review of Psychiatry revelou dois padrões de sintomas que podem ser usados para prever o desenvolvimento da bipolaridade. Apesar de pesquisas anteriores já identificarem possíveis fatores ambientais e genéticos do distúrbio, pouco se sabe sobre a doença e sobre o tipo de comportamento que pode levar a ela.

A nova pesquisa, entretanto, analisou 39 estudos anteriores sobre os sintomas e fatores de risco da bipolaridade e procurou padrões entre as descobertas.

Veja também:

O primeiro padrão de sintomas que os cientistas descobriram incluía mudanças de humor, períodos de excitação e depressão profunda. A maioria das pessoas jovens com esses sintomas não desenvolve a bipolaridade. Mas muitos daqueles que foram diagnosticados com a doença apresentaram esses sintomas.

Getty Images
O transtorno bipolar é comumente confundido com depressão Imagem: Getty Images

O segundo padrão de sintomas inclui ansiedade, distúrbios de atenção e comportamentais, como déficit de atenção e hiperatividade. Segundo os cientistas, os sinais encontrados no primeiro padrão são os que mais têm relação com o transtorno. Além disso, a análise encontrou alguns fatores de risco como lesões na cabeça, abuso sexual, físico ou de drogas, estresse e parto prematuro.

Diagnóstico correto desafia médicos

A bipolaridade é caracterizada por transtornos de humor, que vão de crises de depressão à euforia excessiva (mania). Segundo a ABTB (Associação Brasileira de Transtorno Bipolar), a doença afeta cerca de 4% da população adulta no mundo.

Entretanto, pelo fato de a ciência ter poucas respostas sobre o distúrbio, muitas vezes ele é confundido com outras doenças, como a depressão. Um paciente bipolar tratado erroneamente com depressão pode piorar, eventualmente levando a desfechos suicidas. Tratando direito desde o começo, a qualidade de vida melhora muito, daí a importância de estudos como esse.

SIGA O VIVABEM NAS REDES SOCIAIS

Facebook: https://www.facebook.com/VivaBemUOL/
Instagram: https://www.instagram.com/vivabemuol/
Inscreva-se no nosso canal no YouTube: http://goo.gl/TXjFAy

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Henrique Szklo
Mindfulness para o dia dia
do UOL
do UOL
Blog do Guilherme Giorelli
Blog do Prem Baba
do UOL
do UOL
Blog do Dan Josua
do UOL
BBC
Mindfulness para o dia dia
Blog do Henrique Szklo
Blog Luiz Sperry
BBC
Blog do Guilherme Giorelli
do UOL
Blog do Prem Baba
do UOL
Blog do Dan Josua
Estilo
do UOL
do UOL
Mindfulness para o dia dia
Blog do Henrique Szklo
Blog Luiz Sperry
Blog do Guilherme Giorelli
do UOL
BBC
Blog do Prem Baba
do UOL
Estilo
Blog do Dan Josua
Estilo
Curando Sentimentos
VivaBem
Mindfulness para o dia dia
Blog do Henrique Szklo
do UOL
Blog do Guilherme Giorelli
Blog do Prem Baba
Blog do Dan Josua
do UOL
Mindfulness para o dia dia
Blog do Henrique Szklo
Blog Luiz Sperry
do UOL
BBC
do UOL
Blog do Prem Baba
Blog do Guilherme Giorelli
Topo