Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor

Três a cada 5 pessoas que experimentam cigarro viram fumantes, diz estudo

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do VivaBem, em São Paulo

11/01/2018 11h25

Três a cada cinco pessoas que experimentam cigarro pela primeira vez viram fumantes, segundo uma pesquisa da Queen Mary University de Londres. Os dados são alarmantes, já que o tabagismo está associado a uma série de doenças, como câncer de pulmão e outros.

O estudo, publicado no periódico Nicotine & Tobacco Research, foi baseado em dados de 2.150 mil entrevistados que participaram de oito pesquisas, realizadas entre 2000 e 2016 no Reino Unido, EUA, Austrália e Nova Zelândia.

Veja também:

Para os autores do estudo, o dado mostra o quão importante é reduzir a experimentação do cigarro, principalmente entre os adolescentes. A conclusão do estudo é que das 60,3% pessoas que experimentaram, cerca de 68,9% viraram fumantes.

O pesquisador Peter Hajek disse que era a primeira vez que a associação entre experimentar o primeiro cigarro e se tornar fumante tinha sido estudada com uma grande quantidade de dados.

"Nós descobrimos que a taxa de conversão do primeiro cigarro para o fumante diário é surpreendentemente alta, o que ajuda a confirmar a importância de evitar a experimentação de cigarro em primeiro lugar, já que uma atividade recreacional pode se tornar em um vício", afirmou.

Limitações da pesquisa

No entanto, os autores disseram que houve limitações durante a pesquisa. Uma delas foi que, por reunirem diversos estudos, há resultados diferentes nas proporções dos que se tornaram fumantes diários dependendo do local --de 52% em um nos EUA para 82% em um no Reino Unido-- o que significava que o valor de 68,9% é uma estimativa ponderada dos números.

Os autores também disseram que houve dúvidas sobre a precisão das pessoas lembrarem sobre seu histórico de tabagismo.

SIGA O VIVABEM NAS REDES SOCIAIS

Facebook: https://www.facebook.com/VivaBemUOL/
Instagram: https://www.instagram.com/vivabemuol/
Inscreva-se no nosso canal no YouTube: http://goo.gl/TXjFAy