O poder dos alimentos

Seu prato torna sua vida mais saudável

Quer diminuir o inchaço? Comer pepino e tomar água de coco ajuda

O Poder dos Alimentos - Desinchar
Imagem: Gabriela Sánchez/VivaBem

Thamires Andrade

Do UOL, em São Paulo

01/12/2017 04h00

Já sentiu o corpo inchado durante o dia? No caso das mulheres, o período menstrual é uma das razões para a retenção de líquido. Mas quem segue uma dieta baseada em alimentos ultraprocessados ingere sódio demais e ele não é totalmente eliminado pelos rins. Para resolver a questão, o organismo retém água para diluir tudo. 

Abaixo, a nutricionista Clarissa Fujiwara, mestre em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), lista os alimentos que evitam a retenção de líquido e aqueles que, ao contrário, pioram tudo. Se o inchaço é uma constante, você deve buscar um médico para descartar doenças graves como a insuficiência renal.

Coloque no prato

iStock/VivaBem
Imagem: iStock/VivaBem

Pepino
Por ironia, para combater a retenção de água, só dando ao seu organismo mais água. Alimentos com elevado teor de líquido inibem o hormônio ADH, que coloca um freio no trabalho dos rins. Como o pepino tem 95% de água, ele é um vegetal bastante interessante em situações assim.


iStock/VivaBem
Imagem: iStock/VivaBem

Melão
Este é outro: possui mais de 90% de água em sua composição, o que, de novo, barra o tal ADH. O melão ainda tem ação diurética, incentivando os rins a eliminarem o líquido. Isso porque é rico em potássio, o mineral que precisa estar em equilíbrio com o sódio para você parar de inchar. Uma fatia pequena da fruta oferece 228 mg do nutriente. Lembrando que a OMS (Organização Mundial de Saúde) recomenda o consumo de, no mínimo, 3.510 mg de potássio por dia.


iStock/VivaBem
Imagem: iStock/VivaBem

Água de coco
Boa fonte de hidratação, ela também é rica em potássio e repõe outros minerais que podem ficar em falta, especialmente após a prática de atividade física. Aliás, lembre-se: o potássio escorre com o suor. Se você não o repõe na sequência, é capaz de inchar depois do treino.


iStock/VivaBem
Imagem: iStock/VivaBem

Chá verde
A cafeína presente na bebida é outra substância que inibe o ADH, e assim impede o tal hormônio que atua como um freio nos rins de funcionar. Com o ADH suprimido, os dutos renais ficam mais permeáveis à água, ou seja, aumenta o volume de líquido excretado por meio da urina.


iStock/VivaBem
Imagem: iStock/VivaBem

Aipo
A verdura aparece na lista por conta de um composto de nome estranho, a ftalida. Ela reduz o risco de inchaços e hipertensão. Mas para ter o resultado é ainda melhor consumir a semente do aipo. Estudos feitos em animais mostram que ela tem ação diurética e diminui a pressão.


iStock/VivaBem
Imagem: iStock/VivaBem

Melancia
A fruta exibe a dobradinha da vez: tem um bom volume de água e, de quebra, ainda contém potássio na composição, o mineral que precisa estar em equilíbrio com o sódio. É a fórmula perfeita, e docinha, para quem deseja botar os rins para trabalhar e, com isso, desinchar.


Melhor maneirar

iStock/VivaBem
Imagem: iStock/VivaBem

Sal
Ele é notória fonte de sódio e o excesso desse mineral não está ligado apenas ao consumo de itens ultraprocessados. As salpicadas que damos quando o saleiro está por perto, para temperar a salada ou na hora de preparar a comida na panela, são muito mais generosas do que deveriam. Para se ter uma ideia, a estimativa é de que os brasileiros consomem 13 gramas de sal por dia, sendo que a OMS recomenda apenas 5 gramas.


iStock/VivaBem
Imagem: iStock/VivaBem

Ultraprocessados e enlatados
Eles não são poucos. Salgadinho, salsicha, linguiça, refrigerante, queijo e macarrão instantâneo são apenas alguns exemplos de alimentos industrializados extremamente ricos em sódio. Se consumidos em exagero, não há dúvida: o organismo vai mesmo reter água na tentativa de manter as concentrações de sódio e potássio em equilíbrio. Por isso, olhe o rótulo e corte alguns desses alimentos de sua dieta.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo