Saúde

Sintomas, prevenção e tratamento de doenças

Cientistas mostram que é possível aprender algo duas vezes mais rápido

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do VivaBem, em São Paulo

01/12/2017 12h45

Quer aprender a tocar um novo instrumento musical? Então saiba que a chave do sucesso não é treinar por muito tempo, mas focar em como você está praticando. É o que afirma um estudo conduzido pela Universidade Johns Hopkins.

Os cientistas descobriram que variar a forma de treinamento deixa seu cérebro mais ativo durante o processo de aprendizado, o que faz com que você aprenda a nova habilidade duas vezes mais rápido.

Esse resultado vai contra aquela ideia de que você precisa repetir o mesmo treino várias vezes para alcançar a excelência.

Para o estudo, 86 voluntários toparam aprender uma nova habilidade: mover o cursor do mouse no computador apertando um aparelho pequeno, invés do mouse tradicional.

Os voluntários foram divididos em três grupos e cada um pode praticar o novo movimento por 45 minutos.

Seis horas depois, um dos grupos repetiu o mesmo treinamento, enquanto outro fez um treino um pouco diferente do anterior, que necessitava de uma força diferente para mover o cursor. O terceiro grupo não treinou novamente.

No fim, todo mundo passou por um teste para avaliar o quanto e quão rápido cada um tinha aprendido e, obviamente, o grupo que só fez um treino foi pior.

A surpresa dos pesquisadores, no entanto, foi que o grupo que repetiu o treinamento original foi pior do que o que tinha alterado o movimento. Eles, inclusive, tinham aprendido duas vezes mais.

Os pesquisadores acreditam que isso acontece pela reconsolidação, um processo em que as memórias existentes são modificadas com novos conhecimentos.

A ideia é que esse processo possa ajudar pessoas que estão em reabilitação e precisam aprender as habilidades motoras novamente.

SIGA O VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook: https://www.facebook.com/VivaBemUOL/
Instagram: https://www.instagram.com/vivabemuol/
Inscreva-se no nosso canal no YouTube: http://goo.gl/TXjFAy

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Henrique Szklo
Blog da Lúcia Helena
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog da Adriana Vilarinho
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cintia Cercato
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Blog da Lúcia Helena
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
Agência Estado
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Agência Estado
do UOL
Agência Estado
Blog da Lúcia Helena
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo