Saúde

Sintomas, prevenção e tratamento de doenças

É comum ter uma parada cardíaca durante o sexo?

iStock
Imagem: iStock

Do VivaBem, em São Paulo

27/11/2017 18h08

Você já deve ter visto em algum filme o personagem ter um ataque do coração durante a transa. Ao contrário do que as cenas de cinema mostram, ter relações sexuais raramente é um motivo para parada súbita cardíaca. Ao menos é o que mostrou um estudo publicado no Journal of the American College os Cardiology.

Para descobrir se é comum ter uma parada cardíaca no meio do “amorzinho”, os cientistas analisaram 4.525 entradas nos hospitais de Portland, nos Estados Unidos, de 2002 a 2015. As fichas continham informações detalhadas sobre as circunstâncias da emergência.

Os números mostraram que aconteceram 34 paradas cardíacas durante a atividade sexual, 32 eram homens e apenas duas eram mulheres. A quantidade é equivalente a menos de 1% de todas as paradas cardíacas em homens e 0,1% entre as mulheres.

Assim sendo, pode ficar calmo, o risco absoluto de ter uma parada cardíaca durante o sexo é extremamente baixo, de acordo com os pesquisadores.

Mas é bom fazer um check-up para ter certeza se seu coração está funcionando bem. Quase um terço dos pacientes que tiveram problemas durante o sexo (ou logo em seguida) tinha histórico de doença arterial coronariana e um quarto apresentava insuficiência cardíaca sintomática.

“Pacientes com uma condição cardíaca grave devem discutir o assunto com um médico”, afirmou Dr. Aapo L. Aro, autor do estudo, ao The New York Times. Pode soar um tanto constrangedor, mas não é. Seu médico precisa saber de alguns detalhes da sua vida te ajudar a ser mais saudável -pode contar só por cima mesmo.

SIGA O VIVABEM NAS REDES SOCIAIS

Facebook: https://www.facebook.com/VivaBemUOL/
Instagram: https://www.instagram.com/vivabemuol/
Inscreva-se no nosso canal no YouTube: http://goo.gl/TXjFAy

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cintia Cercato
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Blog da Lúcia Helena
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
Agência Estado
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Agência Estado
do UOL
Agência Estado
Blog da Lúcia Helena
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Agência Estado
AFP
do UOL
do UOL
AFP
Cintia Cercato
do UOL
Topo