Saúde

Sintomas, prevenção e tratamento de doenças

Cientistas criam método que combate bactérias super-resistentes

Shutterstock
Imagem: Shutterstock

Do VivaBem

27/11/2017 15h33

Você já ouviu falar nas superbactérias? Capazes de criar escudos contra os medicamentos mais potentes, esses organismos se tornaram um problema global e já são responsáveis por ao menos 23 mil mortes anuais no Brasil, segundo especialistas.

Felizmente, pesquisadores da Universidade de Montreal, no Canadá, podem ter descoberto uma possível solução para o problema.

Em um estudo publicado no periódico “Scientific Reports” no início de novembro, os cientistas desenvolveram um método que pode bloquear a transferência genética da resistência dos antibióticos.

iStock
O uso excessivo de antibióticos foi responsável pela expansão de bactérias resistentes Imagem: iStock

Para isso, os pesquisadores examinaram diversas bactérias super-resistentes e identificaram quais moléculas se ligam à proteína TraE, essencial para o funcionamento dos fragmentos de DNA que carregam os genes responsáveis por codificar essas proteínas.

A análise revelou que os fragmentos se ligam a dois locais alternativos da proteína. Com base nessa informação, os cientistas criaram pequenas novas moléculas que melhoraram a afinidade de ligação. Ao se conectarem a ambos os locais de ligação, as moléculas inibiram a união das proteínas responsáveis pela resistência ao antibiótico.

“[...] O valor de nosso estudo é que, ao conhecer a estrutura molecular dessas proteínas, podemos criar métodos para inibir sua função”, disse Christian Baron, um dos autores do estudo, em um comunicado à imprensa.

Segundo o cientista, as pessoas devem ter esperança. “A ciência vai trazer novas ideias e novas soluções para este problema. Há uma grande mobilização no mundo sobre essa questão. Eu não diria que me sinto seguro, mas é claro que estamos fazendo progresso.”

 

SIGA O VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook: https://www.facebook.com/VivaBemUOL/
Instagram: https://www.instagram.com/vivabemuol/
Inscreva-se no nosso canal no YouTube: http://goo.gl/TXjFAy

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cintia Cercato
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Blog da Lúcia Helena
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
Agência Estado
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Agência Estado
do UOL
Agência Estado
Blog da Lúcia Helena
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Agência Estado
AFP
do UOL
do UOL
Topo