VivaBem

Do emagrecimento à melhora do sexo: 6 razões para comer mais beterraba

iStock
Imagem: iStock

Gabriela Guimarães e Veridiana Mercatelli

Colaboração para UOL

19/11/2017 04h00

A beterraba já é conhecida como uma aliada dos treinos. Mas os benefícios desse vegetal não param por aí. Rica em vitaminas A, B, C e minerais como sódio, potássio, zinco, magnésio e ferro, a planta roxa também atua na prevenção de doenças e do envelhecimento dos tecidos.

Quer mais motivos para incluir de vez a beterraba na dieta? O UOL conversou com especialistas e listou seis razões para comer o vegetal.

1. Fortalece o coração

O alimento tem nitratos, substâncias de ação vasodilatadora que controlam a pressão arterial e ajudam a relaxar as paredes dos vasos sanguíneos, o que facilita o trabalho do coração ao mandar sangue para todo o corpo. Além disso, o potássio da beterraba faz com que o músculo cardíaco trabalhe com eficiência, sem esforços exagerados.

iStock
As fibras presentes no suco de beterraba ajudam na absorção e na eliminação de parte das gorduras ingeridas Imagem: iStock

2. Aumenta a resistência

A beterraba tem zinco, que turbina o sistema imunológico, defendendo o organismo de infecções. Além disso, ela também combate os radicais livres que aceleram o envelhecimento das células do organismo, inclusive as que trabalham na prevenção de doenças. Até o risco de alguns tipos de câncer, como o de fígado e pele, podem ser reduzidos pelo consumo do vegetal --esse benefício é oferecido pela substância que confere a cor avermelhada a ela, que também ajuda no combate da fadiga muscular.

3. Otimiza o rendimento nos exercícios

A ação vasodilatadora dos nitratos também melhora o uso do oxigênio nos músculos. Com a quantidade de oxigênio adequada, há uma melhora no rendimento e na disposição durante a atividade aeróbica. Outro benefício é a diminuição das dores musculares depois de um treino puxado. Isso acontece porque, com a melhora da quantidade de oxigênio, o organismo diminui a liberação de ácido láctico, substância responsável pela dor pós-exercício. Recomendação dos especialistas: consuma, em média, 500 ml de suco (sem coar), antes ou depois do treino.

4. Previne doenças degenerativas

Pesquisas mostram que o consumo de alimentos ricos em antioxidantes, como a beterraba, pode ajudar a prevenir problemas degenerativos como a doença de Alzheimer. Nutrientes como a Vitamina C e do Complexo B, encontradas também no vegetal roxo, são importantes para a saúde do sistema nervoso, evitando a deterioração dos neurônios. Como os nitratos também ajudam a oxigenar todos os tecidos, inclusive o cérebro, a prevenção contra o Alzheimer é aumentada. Esses mesmos efeitos também diminuem o risco de doenças oculares causadas pelo envelhecimento, como a catarata.

iStock
O vegetal pode ser consumido de diversas formas, inclusive como chips feitos no forno Imagem: iStock

5. Melhora sua vida sexual

A ação vasodilatadora da beterraba melhora do fluxo sanguíneo dos músculos do corpo todo, inclusive os dos órgãos genitais masculinos e femininos, aumentando a irrigação na região e favorecendo o ato sexual. A beterraba também é rica em boro, mineral essencial na produção de hormônios sexuais.

6. Ajuda a emagrecer

Consumida crua ou no suco sem coar, a beterraba pode contribuir para o emagrecimento, devido à quantidade de fibras, que atuam no trato gastrointestinal, ajudando na absorção e na eliminação de parte das gorduras ingeridas. Entretanto, vale dizer que esse benefício precisa estar associado a um estilo de vida saudável, com prática de atividade física e ingestão diária de frutas, legumes e verduras. Beber água também é importante quando se aumenta o consumo de fibras.

FONTES: Cintya Bassi, nutricionista do Hospital e Maternidade São Cristóvão (SP). Monica Fernandez, nutricionista da Santa Casa de São Paulo. Weruska Barrios, nutricionista da Beneficência Portuguesa de São Paulo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais VivaBem

Topo