Saúde

Sintomas, prevenção e tratamento de doenças

Posso guardar remédios em qualquer gaveta? Veja dicas de como armazená-los

iStock
Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

28/10/2017 10h27

Todo mundo tem um cantinho da casa para guardar os remédios, seja na cozinha, no banheiro ou em uma gaveta. É comum deixar os medicamentos em caixas para tentar organizá-los, mas vira e mexe uma cartela acaba ficando solta e alguns comprimidos aparecem sem identificação.

Confundir remédios pode ser perigoso e trazer efeitos colaterais graves, além disso, não é todo lugar que podemos armazenar os medicamentos. Para tirar dúvidas e facilitar a arrumação, o Ministério da Saúde divulgou uma lista com 20 dicas simples para não existirem risco quando o assunto for remédio.

  1. Mantenha os medicamentos em lugares secos e frescos, e específicos para este fim, fora do alcance de crianças e animais. Evite guardar com produtos de limpeza, perfumaria e alimentos.
  2. Guarde na geladeira apenas os remédios líquidos.
  3. Não guarde medicamentos na porta da geladeira ou próximo do congelador. A insulina, por exemplo, perde o efeito se for congelada.
  4. Se você utilizar porta-comprimidos, deixe somente a quantidade suficiente para 24 horas. Os recipientes devem ser cuidadosamente mantidos limpos e secos.
  5. O armazenamento de medicamentos deve ser individualizado para evitar erros e trocas com remédios de outras pessoas.
  6. Lave as mãos antes de mexer nos remédios.
  7. Manuseie os medicamentos em lugares claros. Leia sempre os nomes para evitar trocas.
  8. Tome os comprimidos e as cápsulas sempre com água ou conforme a orientação de um profissional.
  9. Consulte seu médico caso seja necessário partir ou triturar os comprimidos.
  10. Abra somente um frasco ou embalagem de cada medicamento por vez.
  11. Mantenha os remédios nas embalagens originais para facilitar sua identificação e o controle da validade.
  12. Observe frequentemente a data da validade e não tome medicamentos vencidos.
  13. Consulte seu médico caso note mudanças no comprimido, como cor, manchas ou cheiro estranho.
  14. Utilize preferencialmente o medidor que acompanha o medicamento. Evite o uso de colheres caseiras. E lave após o uso.
  15. Não passe o bico do tubo do medicamento em feridas ou na pele quando for utilizar pomadas. Você pode contaminar o medicamento.
  16. Não encoste no olho ou na pele o bico dos frascos dos colírios e das pomadas para os olhos.
  17. Sempre leve todas as receitas, os exames e os medicamentos em uso para consultas médicas. E conte se você toma chás ou faz uso de plantas medicinais.
  18. Mantenha a receita médica junto aos medicamentos.
  19. Nunca espere o medicamento acabar para providenciar nova receita, para comprá-lo ou buscá-lo na unidade de saúde.
  20. Guarde os medicamentos suspensos ou antigos em local separado dos medicamentos em uso.

*Com informações da caderneta de saúde do idoso, para o Blog da Saúde, do Ministério da Saúde

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
BBC
Agência Estado
Agência Estado
Blog do Maurício de Souza Lima
do UOL
BBC
Saúde
do UOL
Blog da Lúcia Helena
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog da Adriana Vilarinho
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cintia Cercato
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Blog da Lúcia Helena
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
Agência Estado
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Agência Estado
do UOL
Agência Estado
Topo