VivaBem

Ioga e meditação melhoram a função cerebral e aumentam os níveis de energia

iStock
Imagem: iStock

Do UOL

07/09/2017 08h41

Praticar sessões curtas de Hatha yoga [estilo que envolve posturas físicas e exercícios de respiração combinados com meditação] e meditação mindfulness [que inclui pensamentos reflexivos, emoções e sensações corporais com clareza e aceitação] pode melhorar significantemente a função cerebral e os níveis de energia, de acordo com um novo estudo da Universidade de Waterloo, no Canadá.

Tem alguma dúvida sobre a saúde do seu corpo? Mande sua pergunta para o e-mail pergunteaovivabem@uol.com.br que nós encontraremos os melhores especialistas para respondê-la.

O estudo descobriu que praticar somente 25 minutos de ioga ou meditação por dia pode aperfeiçoar as funções do cérebro, habilidades cognitivas, a habilidade de controlar respostas emocionais impulsivas e padrões habituais de pensamento e ações.

“O Hatha yoga e a meditação mindfulness focam no poder de processamento consciente do cérebro em um número limitado de ações como respirar e fazer poses, e também reduzem o processamento de informações não essenciais”, diz Peter Hall, professor da Escola de Saúde Pública da universidade. “Essas duas funções podem ter algum efeito positivo nos momentos seguintes à sessão, como o fato de as pessoas serem capazes de focar mais facilmente em tarefas do dia a dia.”

Para o experimento, mais de 30 participantes completaram 25 minutos de ioga, 25 minutos de meditação e 25 minutos de leitura silenciosa (uma tarefa de controle), não necessariamente nessa ordem. Após a meditação, os participantes apresentaram desempenho significativamente melhor na tarefa, se comparados aos que leram depois da ioga.

“A descoberta sugere que há algo de especial na meditação –ao contrário das posições físicas –que carrega diversos benefícios cognitivos da ioga”, diz Kimberley Luu, autora do estudo.

A pesquisa também descobriu que a meditação e a ioga são efetivas em melhorar os níveis de energia, mas a ioga tem um poder mais significante do que a meditação sozinha.

“Existe um número de teorias sobre exercícios físicos como a ioga que melhoram os níveis de energia e testes de performance cognitiva”, conta Kimberley. “Elas incluem a liberação de endorfinas, aumento de circulação do sangue no cérebro e foco reduzido em pensamentos de reflexão. Embora ultimamente essa ainda é uma questão em aberto.”

“Embora o aspecto meditativo pode ser mais importante do que as poses físicas para melhorar as funções do cérebro, existem benefícios adicionais no Hatha yoga, incluindo melhoras na flexibilidade e aumento da força”, diz Hall. “Esses benefícios podem fazer esse tipo de ioga superior à meditação isolada, em termos de vantagens para a saúde.”

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais VivaBem

Topo