Movimento

Inspiração pra fazer da atividade física um hábito

Após levar fora por ser gorda, garota de 25 anos perde metade do seu peso

Reprodução/Viral Thread
Rachael Heffner emagreceu quase 65 quilos cortando pela metade as porções de comida e se exercitando Imagem: Reprodução/Viral Thread

Do UOL

09/03/2017 09h29

A americana Rachael Heffner, 25 anos, da cidade de Indianápolis, chegou a pesar 129,27 kg graças a uma alimentação com muito refrigerante, doces e batatas chips. Foi ao se interessar por um colega de escola e ouvir do garoto que ele não estava interessado por ela ser pesada demais que a história começou a mudar. Atualmente, ela pesa 64,53 kg.

“Gostava dele e ele não gostava de mim, e ele fez questão que eu soubesse que era por causa da minha aparência. Ele não sentia atração por mim porque estava pesada demais”, contou Rachel ao site “Viral Thread”.

A garota falou que sempre foi cheinha, mas perdeu o controle sobre o próprio peso quando a mãe adoeceu e tragicamente morreu em 2004, quando Rachel tinha 12 anos.

“Como era muito nova quando, não aprendi com a minha mãe o que era comer bem, e não consegui ouvir os conselhos do meu pai sobre comida”, falou para o “Viral Thread”.

Por volta dos 20 anos, Rachel chegou a ter IMC (Índice de Massa Corporal) 50, o mais alto grau de obesidade segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde).

Cortando pela metade o tamanho das porções que costuma comer e se exercitando, ela perdeu 64,74 kg.

O garoto que foi a motivação para a volta por cima foi atrás dela depois que ela emagreceu. “Ele me convidou para sair algumas vezes. Deixei claro que seríamos apenas amigos. Mas falei que ele era a razão para a minha mudança. Ele ficou em choque e se desculpou pelo que disse para mim quando era mais jovem”, disse Rachel para o “Viral Thread”.

Rachel agora se prepara para a última etapa da transformação: retirar o excesso de pele que ficou em função dos muitos quilos perdidos. Para juntar o dinheiro necessário para a cirurgia plástica, ela está trabalhando em três empregos e criou uma plataforma de financiamento coletivo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
Blog Marcio Atalla
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Fernando Guerreiro
do UOL
do UOL
Blog Marcio Atalla
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Fernando Guerreiro
Estilo
Blog Marcio Atalla
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Fernando Guerreiro

Blog do Fernando Guerreiro

Não pode correr por causa do impacto? Veja boas opções de treino aeróbico

Quando falamos em treinos para emagrecimento, logo vem na cabeça a corrida, certo? E realmente a corrida tem uma eficiência incrível em queimar aquelas gordurinhas. E como aquelas pessoas que sentem dores fortes principalmente nos joelhos podem praticar algum exercício que a leva a perder peso e melhor seu condicionamento físico? Se você é uma dessas pessoas, hoje vou passar pra você opções muito simples e tão eficazes quanto a corrida. Toda academia, seja grande ou aquela academia pequena de prédio tem uma bicicleta ergométrica, e na maioria das vezes ninguém utiliza a pobre coitada, a preferência total é pras esteiras. Essa bicicleta indoor pode proporcionar uma queima calórica tão alta quanto a corrida, tudo depende do quanto de esforço você vai aplicar no treino. E pra você que sente dores durante exercícios de impacto fique tranquilo, com o ajuste correto essa bike vai te deixar muito confortável para pedalar sem dores, e ainda promover um possível diminuição das dores, dependendo do seu caso clínico de dores. E o que é mais legal, todas as bikes, exceto aquelas de spinning, já vem com programas de treino prontos, então você pode escolher qual será o estimulo que será aplicado na sua sessão do dia. É uma questão de empenho pra gerar desempenho. Então, sem dores nos joelhos, boas calorias queimadas promovendo também um fortalecimento muscular. Outra boa opção pra quem não pode treinar com impacto é o transport, ou elíptico. Talvez poucos conheçam por nome, mas é um aparelho altamente eficiente na queima calórica, além de que estimula muito a musculatura dos membros inferiores. Esse transport é aquele exercício que parece que está esquiando, com os dois braços de apoio que parecem com duas antenas. Então esse aparelho estranho tem muitos benefícios a trazer pra você que não pode correr. Além de ter os mesmo programas das bikes, como variação de carga simulando subidas, você pode ter uma variação de velocidade, ou até mesmo os dois juntos, tudo depende do programa selecionado e também do seu esforço durante a sessão, esse aparelho permite que os braços sejam estimulados durante o treino, o que torna sua sessão mais intensa ainda. Olha ai, duas opções muito simples que são altamente eficientes que vão te ajudar a treinar pesado sem se preocupar com as dores. Agora aproveita as dicas, vai lá pra sua academia e quebra tudo.

do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
VivaBem
Blog Marcio Atalla
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Fernando Guerreiro
Blog Marcio Atalla
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
Topo