Movimento

Inspiração pra fazer da atividade física um hábito

7 atividades físicas que turbinam o rendimento na corrida

iStock
Musculação, natação e pilates são algumas das atividades que ajudam a melhorar a performance durante a corrida Imagem: iStock

Ana Elisa Faria

Do UOL, em São Paulo

19/07/2016 22h53

A fim de melhorar a performance durante provas e treinos, muitos corredores buscam atividades físicas paralelas que ajudem a aprimorar itens essenciais à corrida, como fôlego, força e velocidade. 

Carol Santos, professora da academia Bio Ritmo, conta que outros exercícios aeróbios, como pedalar, dão mais disposição para o organismo. "Eles melhoram capacidades de resistência e condicionamento, já que o corpo tende a se adaptar a uma única prática. Por isso, para continuar progredindo, é indicado variar o estímulo aeróbico", diz.

"As atividades correlatas à corrida têm a finalidade de fortalecer e preparar a musculatura para que o praticante possa suportar a intensidade dos treinos e competições, retardando a fadiga e minimizando o risco de lesões", afirma Ivo Moraes, coordenador de musculação da academia Competition.

Abaixo, especialistas consultados pelo UOL indicam modalidades que potencializam o desempenho dos corredores.

Correr, malhar e arrasar

  • Imagem: iStock
    iStock
    Imagem: iStock

    Musculação

    Para melhorar o desempenho durante a corrida, a dica unânime citada pelos especialistas consultados pela reportagem foi a malhação. Carol Santos diz que quem corre precisa ter força e resistência muscular, tanto para um melhor desemprenho como para evitar lesões. Vinícius Possebon, preparador físico e coach, diz que a musculação é essencial para o fortalecimento dos membros inferiores. "Exercícios [como os feitos] no leg press e agachamento fortalecem os membros inferiores, reduzindo a fadiga periférica, que, por sua vez, diminui a performance do corredor", salienta.

  • Imagem: iStock
    iStock
    Imagem: iStock

    Ioga e meditação

    "Ioga e meditação são ótimas opções para otimizar a capacidade respiratória, melhorar o foco e a concentração no ritmo da corrida, bem como aumentar a flexibilidade, dando maior mobilidade ao corredor e aliviando o estresse muscular", explica Ivo Moraes.

  • Imagem: iStock
    iStock
    Imagem: iStock

    Alongamento

    A professora Carol Santos indica o alongamento, que além de aumentar a flexibilidade, auxilia na melhora da mobilidade e da amplitude, além de relaxar a musculatura.

  • Imagem: iStock
    iStock
    Imagem: iStock

    Pilates

    Profissionais da rede Bodytech recomendam a prática do pilates, que tem a função de melhorar o controle respiratório, a flexibilidade, o equilíbrio e a concentração, além de amenizar o estresse. Carol Santos, da Bio Ritmo, concorda e acrescenta que a atividade dá a quem corre "consciência corporal e uma postura mais correta, evitando lesões e deixando a corrida mais eficiente", afirma.

  • Imagem: iStock
    iStock
    Imagem: iStock

    Ciclismo

    Segundo Ivo Moraes, o ciclismo, seja indoor ou outdoor, também é favorável por fortalecer os grupos musculares envolvidos na corrida. Porém, ele alerta: as pedaladas precisam ser "sem impacto e de forma harmoniosa, equilibrando a proporção entre os músculos anteriores e posteriores das pernas".

  • Imagem: iStock
    iStock
    Imagem: iStock

    Natação

    Ainda de acordo com Moraes, nadar é mais uma atividade que faz bem aos corredores. "A natação também pode reforçar o desenvolvimento do condicionamento cardiovascular nos dias alternados aos treinos de corrida recrutando a musculatura de formas diferentes e sem a influência da gravidade", diz.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
Blog do Fernando Guerreiro
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Marcio Atalla
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Fernando Guerreiro
do UOL
do UOL
Blog Marcio Atalla
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Fernando Guerreiro
Estilo
Blog Marcio Atalla
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Fernando Guerreiro

Blog do Fernando Guerreiro

Não pode correr por causa do impacto? Veja boas opções de treino aeróbico

Quando falamos em treinos para emagrecimento, logo vem na cabeça a corrida, certo? E realmente a corrida tem uma eficiência incrível em queimar aquelas gordurinhas. E como aquelas pessoas que sentem dores fortes principalmente nos joelhos podem praticar algum exercício que a leva a perder peso e melhor seu condicionamento físico? Se você é uma dessas pessoas, hoje vou passar pra você opções muito simples e tão eficazes quanto a corrida. Toda academia, seja grande ou aquela academia pequena de prédio tem uma bicicleta ergométrica, e na maioria das vezes ninguém utiliza a pobre coitada, a preferência total é pras esteiras. Essa bicicleta indoor pode proporcionar uma queima calórica tão alta quanto a corrida, tudo depende do quanto de esforço você vai aplicar no treino. E pra você que sente dores durante exercícios de impacto fique tranquilo, com o ajuste correto essa bike vai te deixar muito confortável para pedalar sem dores, e ainda promover um possível diminuição das dores, dependendo do seu caso clínico de dores. E o que é mais legal, todas as bikes, exceto aquelas de spinning, já vem com programas de treino prontos, então você pode escolher qual será o estimulo que será aplicado na sua sessão do dia. É uma questão de empenho pra gerar desempenho. Então, sem dores nos joelhos, boas calorias queimadas promovendo também um fortalecimento muscular. Outra boa opção pra quem não pode treinar com impacto é o transport, ou elíptico. Talvez poucos conheçam por nome, mas é um aparelho altamente eficiente na queima calórica, além de que estimula muito a musculatura dos membros inferiores. Esse transport é aquele exercício que parece que está esquiando, com os dois braços de apoio que parecem com duas antenas. Então esse aparelho estranho tem muitos benefícios a trazer pra você que não pode correr. Além de ter os mesmo programas das bikes, como variação de carga simulando subidas, você pode ter uma variação de velocidade, ou até mesmo os dois juntos, tudo depende do programa selecionado e também do seu esforço durante a sessão, esse aparelho permite que os braços sejam estimulados durante o treino, o que torna sua sessão mais intensa ainda. Olha ai, duas opções muito simples que são altamente eficientes que vão te ajudar a treinar pesado sem se preocupar com as dores. Agora aproveita as dicas, vai lá pra sua academia e quebra tudo.

do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
VivaBem
Blog Marcio Atalla
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Fernando Guerreiro
Blog Marcio Atalla
do UOL
Topo