Fígado saudável

Conheça as funções de um dos órgãos mais importantes do corpo e elimine os excessos do seu dia a dia

oferecido por Selo Publieditorial

Um churrasco caprichado e um "Happy Hour" com os amigos até podem parecer programas inofensivos para se fazer. Só que é preciso cuidado porque, quando você exagera frequentemente na quantidade de gordura e de álcool, seu organismo tende a reclamar.

O fígado, por exemplo, corre o risco de começar a "falhar" devido ao acúmulo de toxinas e o resultado é uma sensação de enjoo, fraqueza e mal-estar. Pior: suas funções, como a metabolização de proteínas, de lipídios e do açúcar e a filtragem do sangue, podem ficar prejudicadas. Enquanto o constante excesso de álcool pode culminar em doenças sérias (é o caso da fibrose e da cirrose hepáticas), a grande quantidade de acúmulo de gordura pode ser amenizado com o uso dos aminoácidos do Epocler, que ajudam a eliminar essas substâncias tóxicas, garantindo o bom funcionamento do fígado.

Abaixo, ensinamos você a manter hábitos saudáveis para salvar seu organismo dos vilões do dia a dia.

10 dicas do Seu Figueredo

  • Evite o excesso de álcool e de gordura

    Quando você toma uma cerveja ou come uma picanha bem saborosa, os nutrientes ingeridos passam pelo fígado, onde são metabolizados e quebrados em pedaços menores, as proteínas, por exemplo, se transformam em aminoácidos, que são mais facilmente absorvidos pelo organismo. Só que, caso você exagere na quantidade de álcool e de gordura, o órgão pode não dar conta do serviço e acabar acumulando essas toxinas sobre ele. Com o tempo, esses excessos tendem a matar suas células e minar sua capacidade de funcionamento.

  • Não tome medicamento sem orientação

    Mesmo os remédios que são vendidos na farmácia sem prescrição não devem ser usados sem a orientação de um especialista. As recomendações da bula precisam ser seguidas com rigor, uma vez que o fígado pode demorar mais para metabolizar a droga, que periga de circular por mais tempo no organismo. Então, respeite a indicação de quantidade e horários.

  • Consuma suplementos em doses adequadas

    Ok. Você quer que seus músculos cresçam e, então, decidiu comprar aquele whey protein e aquela creatina que o nutricionista do seu amigo indicou para ele. Não! Esses produtos são compostos de aminoácidos e de outras substâncias que, assim como o álcool e a gordura, precisam ser metabolizados pelo fígado. O excesso também provoca acúmulo de toxinas que atrapalham o funcionamento do órgão. Então, o melhor caminho para ficar forte sem correr risco é procurar um especialista que calcule a quantidade ideal de suplemento para a sua dieta.

  • Faça exercícios regularmente

    Que atividade física queima os pneuzinhos do abdômen você já sabe. Agora, a novidade: ela também reduz a gordura visceral que fica estocada em volta dos órgãos e é extremamente perigosa. Ainda que você não seja tão adepto à academia, reserve meia hora por dia para movimentar o esqueleto (a Organização Mundial de Saúde recomenda 150 minutos por semana). Vale correr, dançar, pedalar ou até caminhar em uma intensidade moderada.

  • Conte com o Epocler

    Graças a três aminoácidos (a colina, a betaína e a racemetionina), o medicamento proporciona uma melhora na quantidade de gordura acumulada, mandando embora o excesso de gordura e de outras toxinas que comprometem a capacidade funcional do órgão.

  • Tenha uma alimentação equilibrada

    Encha o prato com legumes e verduras e evite consumir muita gordura e fritura. Para a sobremesa, que tal ir de frutas?

  • Priorize os orgânicos

    Para evitar o consumo de agrotóxicos e pesticidas, compre alimentos diretamente de pequenos produtores ou em mercados que trabalham com eles. Além de comer opções mais frescas e saborosas, você também acaba ajudando o meio-ambiente e o equilíbrio do campo.

  • Diminua a quantidade de açúcar e carboidrato

    Como você percebeu, o fígado tem papel fundamental na digestão de qualquer alimento, já que metaboliza diversos nutrientes. Doces e farinha branca podem sobrecarregá-lo e provocar desequilíbrio no organismo, igual ao excesso de gordura. Por isso, prefira cozinhar com farinhas integrais e açúcares menos processados (como o mascavo).

  • Beba bastante água

    Quantos copos você já tomou hoje? A hidratação é fundamental para o bom funcionamento do organismo como um todo. Beba dois litros de água por dia, se for difícil, deixe um alarme no seu celular para dar pequenos goles a cada trinta minutos.

  • Proteja-se contra as hepatites virais

    A doença pode provocar a degeneração do fígado e pode ser facilmente evitada. Para combater as hepatites A e B, o calendário de vacinação recomenda doses logo nos primeiros anos de vida (nada impede que você procure um posto de saúde quando adulto). Também vale lavar bem os alimentos e evitar contato com água que não seja tratada. Já a hepatite C ainda não tem prevenção ? o jeito é usar camisinha durante o sexo e não compartilhar objetos cortantes, como alicates e seringas.

Epocler. citrato de colina, betaína e racemetionina. Indicações: tratamento de distúrbios metabólicos hepáticos. MS 1.7817.0079. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. Novembro/2018.

Curtiu? Compartilhe.

Topo