Topo

Coluna

Adriana Miranda


Adriana Miranda

O que eu como para manter a saúde e a boa forma aos 62 anos?

Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal
Adriana Miranda

Aos 62 anos, ela é palestrante e entusiasta da vida saudável e das atividades físicas. Procuradora aposentada do estado de São Paulo, está sempre em busca de segredos para ter mais disciplina, foco e determinação, para manter a saúde física e um estilo de vida leve e positivo.

Colunista do UOL VivaBem

2019-02-27T04:00:00

27/02/2019 04h00

Muita gente me pergunta, nas redes sociais, o que eu faço para manter a minha forma física. Minha resposta sempre é: além dos exercícios físicos, alimentação equilibrada! Adoro compartilhar meu dia a dia com meus seguidores e por isso vou falar um pouco mais sobre minha alimentação durante a semana.

Para começar, procuro sempre ingerir nas principais refeições uma fonte de proteína e uma fonte de carboidrato. Com certeza, a proporção de proteína é bem maior que a de carboidrato, primeiro porque a proteína é muito importante para a construção muscular e, segundo, porque o carboidrato em excesso engorda! Então, me controlo para não exagerar.

Preciso aqui contar um segredo: sempre que possível, no almoço, eu peso o carboidrato que vou ingerir. Tenho uma balancinha que fica sempre em cima da mesa!

Então, por exemplo, se vou comer arroz ou macarrão integral, não ultrapasso 80 g. Se a fonte de carbo for batata-doce ou mandioca, como um pouco mais, 100 g, porque têm menor índice glicêmico.

Muita gente acha a balança um exagero: aqui em casa mesmo, meus filhos e meu marido acham desnecessário pesar a comida! Mas funciona para mim!

Outra coisa que não abro mão é de excluir o carboidrato no jantar. Eu sei que existem muitas controvérsias sobre se a ingestão de carbo a noite engorda. Alguns especialistas acreditam que não. Eu particularmente prefiro evitar!

Uma outra coisa que é sagrada para mim é comer de três em três horas!

Nunca fico mais de três horas sem ingerir alguma coisa, nem que seja só um iogurte. Primeiro porque isso acelera o metabolismo e segundo porque fico com menos fome nas principais refeições.

Algo que nunca faço é pular o café da manhã. Para mim, o café da manhã é sagrado! Adoro, aliás acho que é a refeição que mais curto! Já até falei sobre isso no meu Instagram (@adrianammiranda): segundo pesquisas, quem pula o café da manhã tende a engordar mais!

Não estou aqui falando do jejum intermitente, que é uma estratégia alimentar utilizada, e que não tem nada a ver com o hábito de algumas pessoas de pular o café da manhã! Sobre o jejum intermitente não posso falar nada porque nunca fiz.

Meu cardápio de um dia

Normalmente, eu como o seguinte:

Café da manhã

  • Tapioca (duas colheres de sopa) com recheio de queijo cottage sem lactose
  • 2 ovos quentes
  • 1 fruta (banana, ameixa, kiwi, mamão, pêssego, nectarina, figo)
  • Flocos de aveia
  • 1 copo gelado de leite vegetal (de arroz, amêndoa, aveia, coco.), porque sou intolerante à lactose

Lanche pós-treino

  • 1 medida de whey protein batido com água
  • 80 g de batata-doce

Almoço

  • 1 prato bem farto de salada, com muitos verdes, tomate, cenoura, pepino, beterraba, e sementes de abóbora torradas e sem sal por cima
  • 1 filé de peixe grelhado, cozido ou assado (pode ser pescada, salmão, atum, linguado, tilápia, badejo) Às vezes, como peito de frango grelhado ou frango moído. A carne vermelha não como há muitos anos, porque não gosto
  • Arroz integral, preto ou vermelho; ou macarrão integral ou de arroz; quinoa, abóbora, batata-doce e mandioca cozidas ou no forno
  • Legume e verduras variados, como aspargos, abobrinha, chuchu, escarola
Lanche da tarde
  • 1 fruta fresca ou seca
  • 1 pote de iogurte sem lactose

Jantar de segunda à quinta

  • Omelete (duas gemas e seis claras) com queijo cottage sem lactose e tomatinhos cereja; ou peixe; ou peito de frango
  • Prato de salada

Nos fins de semana, me permito sair "um pouco" da dieta, mas, sem exageros! Gosto de jantar fora, e costumo tomar um vinho ou espumante, como alguma coisa um pouco mais calórica que gosto e que normalmente não como durante a semana, mas sem enfiar o pé na jaca.

Se a gente comer demais nos finais de semana achando que tá tudo liberado, com certeza vai estragar todo o esforço que fez durante a semana e engordar! Eu adoro doces, principalmente, chocolates!!! São minha maior tentação! Como um pouquinho nos finais de semana, mas procuro controlar a quantidade! Opto por aqueles com 70% de cacau e sem açúcar, que são mais saudáveis e engordam menos!

De nada adianta a gente se matar de fazer exercícios, se não se alimentar corretamente! Por isso, hoje em dia, levo muito a sério minha alimentação porque acredito que ela é fundamental para a saúde e para a boa forma física!

E, você? Também já fez uma reeducação alimentar? Se não, vale a pena tentar! Você vai se sentir bem melhor e sua autoestima também vai aumentar! Procure sempre um nutricionista para te orientar!

*Adriana Miranda (@adrianammiranda) é palestrante e, aos 62 anos, entusiasta da vida saudável e das atividades físicas. Está sempre em busca de segredos para ter mais disciplina, foco e determinação, para manter a saúde física e um estilo de vida leve e positivo.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL